CLASSIFICADOS

FALA CIDADÃO

Participe

Participe do Fala Cidadão, nos envie sua reclamação ou elogio, de sua rua, bairro ou de nossa Atibaia, não esqueça de enviar fotos.

entre em contato pelo nosso E-mail
jornalestanc

0

CUIDADORA DE IDOSO

Serviços

tenho 10 anos de experiencia e referincia tenho curso de cuidadora de idoso e
curso tecnico nutriçao. tr. simone 97339-2981

a combinar

Classificados GRATUITOS

Novos/Usados

CLASSIFICADOS DO JORNAL ESTANCIA DE ATIBAIA,
E GRATUITO,
NOS ENVIE POR EMAIL
jornalestanciadeatibaia@gmail.com

R$0,00

Terreno em Atibaia

Vende

VENDE – TERRENO – CHACARAS BRASIL, (EM FRENTE A ESCOLA), COMERCIAL, 1000M², VALOR, 345MIL, TR. 9-4171-7001

R$345.000

Vende Sobrado em Condominio

Imovel

VENDE – SOBRADO EM CONDOMINIO, 90M², 2 SUITES, SALA, COZINHA AMERICANA, PROX. A LUCAS, GARAGEM COBERTA 2 AUTOS, TR. 9-4016-8983 ou 9-4009-1842 COM INGRID

485.000

Locação Apartamento

Atibaia

LOCACAO, APARTAMENTO COM 80M², PROXIMO A LUCAS, 2 DORMITORIOS (1SUITE), 2 VAGAS NA GARAGEM, TERREO COM QUINTAL. TR. 9-4735-7651

com Jessica

Polícia resgata menino de 11 anos que era mantido dentro de barril em Campinas: “Chegou a comer fezes, porque não davam comida”

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA

Neste sábado (30), a Polícia Militar de Campinas, do interior de São Paulo, resgatou um garoto de 11 anos que estava sendo mantido em cárcere privado por um casal. A criança ficava dentro de um barril fechado por uma telha e com uma pia de mármore por cima impedindo a saída. Seus pés e mãos ficavam acorrentados. As autoridades receberam uma denúncia anônima e chegaram ao local, um barraco no Jardim Itatiaia, periferia da cidade. Três pessoas foram presas: o pai, a namorada dele e a filha da mulher.

O 2º Sargento Mike Jason acompanhou toda a ocorrência e descreveu a situação em que o menino foi encontrado como “desoladora”. “Ele disse para mim que chegou a comer fezes, porque não davam comida para ele”, relatou. Segundo as autoridades, a criança era mantida em pé no espaço do barril, por isso suas pernas estavam inchadas. Ele também fazia suas necessidades fisiológicas no local.

O policial contou ainda que foi difícil retirar o menino de lá. “Quando chegamos, tivemos que usar ferramentas para cortar cabos que o mantinham amarrado. Era uma construção que ficava no topo do barraco, sujeito ao sol —e fazia muito calor quando chegamos, e também à chuva”, descreveu. Segundo apuração das autoridades, essa situação já acontecia há sete anos.

“O homem disse que uma mulher, usuária de drogas, e com quem ele teve relação, afirmava que o filho era dele. Essa usuária abandonou o menino com ele e a atual companheira”, contou o Sargento. Um teste de DNA foi feito na época, comprovando que ele não era o pai. Mesmo assim, ele foi adotado pela família.

Ao ser resgatado, o garoto foi encaminhado ao Hospital Ouro Verde, em Campinas, apresentando um quadro de desidratação extrema. A PM relatou que o garoto estava nu e debilitado quando foi encontrado. O Conselho Tutelar da cidade determinou que a vítima ficasse sob tutela de uma tia paterna. Ele terá alta hospitalar quando atingir o peso considerado “ideal” para a sua idade.

O garoto revelou à equipe do hospital que era mantido dentro do barril por vários dias, mas não seguidos. Uma fresta foi feita na parede para que ele conseguisse respirar. “Ele disse que viu os fogos de artifício da virada do ano pela fresta que ele tinha acesso, mas dentro do barril”, relatou a fonte.

O pai do menino é um auxiliar de serviços de 31 anos. Segundo ele, o pequeno “é agitado dentro de casa” e as torturas teriam a motivação de “educá-lo”, de acordo com o boletim de ocorrência. A Polícia Civil classificou os crimes cometidos pelo homem como violência e grave ameaça, provocando intenso sofrimento físico e mental. Sua prisão foi determinada e, caso condenado, ele poderá ser preso de 2 a 8 anos.

A namorada do pai, uma faxineira de 39 anos, e sua filha, uma vendedora de 22 anos, omitiram-se e não impediram as agressões. Se responsabilizadas, elas podem cumprir de 1 a 4 anos de detenção.

Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
Image-empty-state_edited_edited_edited.j
  • Instagram ícone social
  • Facebook

Deseja anunciar a sua marca, colocar um classificado ou conversar conosco?
Envie já o seu email para: jornalestanciadeatibaia@gmail.com
Whatzapp. (11) 4411 2930

O Jornal Estância de Atibaia está no Facebook também. CURTA nossa Pagina.

Jornalista: Fernanda Pongelli dos Santos Papini © 2020 Jornal Estância de Atibaia. Orgulhosamente criado por mariavaisemasoutras.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now