Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
ATIBAIA Notícias
WhatsApp Image 2021-12-06 at 14.47.56.jpg
WhatsApp (1)JORNALESTANCIA.png

Adequação na estrutura de empregos da Prefeitura permite a contratação de mais profissionais


Prefeitura da Estância de Atibaia
Prefeitura da Estância de Atibaia

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA



Mudança foi publicada no último dia 13, quando a Administração Municipal também oficializou reajuste de 15% aos servidores municipais


A Prefeitura da Estância de Atibaia publicou no último dia 13, na Imprensa Oficial Eletrônica, alteração de lei que dispõe sobre a estrutura de empregos, carreiras e salários da Administração Municipal, possibilitando a convocação de novos funcionários, como nas secretarias de Saúde e de Educação.


Os novos profissionais estão sendo convocados segundo a classificação em concursos públicos dos anos de 2018 ou 2019 para cargos já existentes dentro do quadro da Prefeitura.


Existe demanda de profissionais, por exemplo, na Secretaria de Saúde, devido à criação e/ou ampliação de unidades de saúde, e na Secretaria de Educação, para atender cada vez melhor os alunos do município.


Para reforçar os serviços de saúde estão sendo contratados mais 146 profissionais, entre médicos, enfermeiros, psicólogos, psicanalistas, fonoaudiólogos, profissionais da Educação Física, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, cirurgiões dentistas, assistentes sociais e agentes comunitários de saúde, entre outros. Para a Educação, estão sendo contratados 140 profissionais, além de 70 estagiários.


Reajuste dos servidores

Na última quarta-feira, a Prefeitura também oficializou o reajuste de 15% aos servidores municipais, depois que o Acordo Coletivo de Trabalho com o Sindicato dos Servidores Municipais, Câmara Municipal e Autarquias de Atibaia (SISMA) foi aprovado pela Câmara Municipal.


Ficou estabelecido que haverá reajuste de 12% a contar de 1 de março de 2022 e de mais 3% a contar de 1 de agosto de 2022 a todos os servidores efetivos do Poder Executivo, abrangendo os servidores estatutários e os contratados sob o regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O mesmo reajuste salarial incidirá sobre os proventos e pensões dos aposentados e pensionistas.