Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
ATIBAIA Notícias
WhatsApp Image 2021-12-06 at 14.47.56.jpg
WhatsApp (1)JORNALESTANCIA.png

Ana Beathalter sugeriu melhorias para a Santa Casa e resumiu outras demandas


vereadora Ana Paula Beathalter
vereadora Ana Paula Beathalter

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Mães de alunos da rede municipal de ensino aguardam deliberações sobre a continuidade das aulas presenciais

A vereadora Ana Beathalter abordou, durante o Tema Livre, na sessão de 31 de maio, as demandas que chegaram ao seu gabinete na última semana e também melhorias que podem ser implantadas na Santa Casa.

“Uma necessidade do nosso hospital público é ter uma sala reservada onde os médicos poderão, com o mínimo de privacidade, comunicar o falecimento de pacientes aos seus familiares. Observa-se que uma notícia tão triste não pode ser comunicada em ambiente inadequado. As famílias precisam iniciar seu luto e esclarecer dúvidas a partir desse anúncio”, argumentou.

“Também pessoas que levam doentes à Santa Casa, na correria e por falta de vagas, acabam levando multas e perdendo pontos na habilitação”, acrescentou a vereadora. “O próximo contrato com a empresa de zona azul deve prever vagas com isenção no entorno da Santa Casa. Além disso, faltam poltronas para os acompanhantes, que ficam esperando notícias sobre seus entes queridos”.

CASOS DE COVID EM ATIBAIA

Outros pedidos foram feitos ao Executivo, detalhou Ana Paula Beathalter. É o caso da reivindicação apresentada por mães de alunos da rede municipal de ensino, que aguardam deliberações sobre a continuidade das aulas presenciais ou pelo sistema online ou híbrido, diante do aumento dos casos de covid.

“Mesmo estando imunizados, há alunos que apresentam comorbidades. O momento pede providências como o uso de máscaras em ambientes fechados, álcool em gel e o distanciamento social”.

SUSPENSÃO DE OBRAS

A vereadora defendeu a suspensão do início das obras em relação ao projeto de aprovação de empreendimento habitacional multifamiliar a ser construído na Avenida Santana, n° 720, bairro Itapetinga/ Nova Gardênia.

“Na audiência, todos os cidadãos que se manifestaram, de forma individual ou representando a sociedade civil organizada, foram contrários à construção de um prédio com 19 andares, dois subsolos para estacionamento e um pavimento térreo para uso comum, especialmente por prejudicar a paisagem natural de Atibaia, que é um dos principais atrativos turísticos da cidade.


Por outro lado, esse empreendimento está sendo questionado pelo Ministério Público, em ação civil”.

OUTROS PEDIDOS Ana Beathalter encaminhou também pedidos de poda e manutenção de iluminação pública na avenida Dona Gertrudes, altura do 857; iluminação pública na avenida Jerônimo de Camargo; e, nessa mesma via, a abordagem de pessoas em situação de vulnerabilidade, moradores de ruas, que deve ser insistente nos dias frios por parte da assistência social da Prefeitura; preservação dos equipamentos de iluminação na rua José Lucas.


vereadora Ana Paula Beathalter
vereadora Ana Paula Beathalter

Vereadores aprovam projeto que homenageia pessoas e entidades que atuam em prol da causa afro-brasileira em Atibaia


Proposta é de autoria da vereadora Ana Paula Beathalter


Os vereadores aprovaram na sessão da Câmara desta terça-feira, 31 de maio, o Projeto de Resolução da vereadora Ana Paula Beathalter que inclui no Regimento Interno da Câmara Municipal da Estância de Atibaia um artigo para a concessão da Medalha “Antonieta de Barros” ou “Luís Gama” às pessoas ou entidades que atuam em prol da causa afro-brasileira em Atibaia. A entrega ocorrerá no mês de novembro de cada ano, tendo em vista as comemorações alusivas ao “Dia da Consciência Negra”.


“O presente projeto tem como objetivo reconhecer e valorizar o trabalho realizado por pessoas ou entidades em prol da causa afro-brasileira, com a finalidade de promover ações de empoderamento da pessoa preta, pautada por um dever de reparação histórica decorrente de um racismo estrutural e preconceito étnico-racial existente na sociedade”, atentou a vereadora.


No documento, Ana Paula Beathalter relata a história de Luís Gama, escritor e ativista político, que nasceu livre, mas foi vendido como escravo pelo pai que estava endividado. “Ele foi para São Paulo aos 10 anos e trabalhou como escravo doméstico.


Aprendeu a ler aos 17 e, nesta época, conseguiu provar junto aos tribunais que era mantido como escravo injustamente e que, portanto, deveria ser posto em liberdade. Uma vez livre, Gama passou a atuar como rábula, um advogado sem diploma que pleiteava causas específicas, conseguindo libertar mais de 500 escravos alegando que todo negro chegado ao Brasil após 1831 deveria ser livre, tal como dizia a Lei Feijó.


Escritor abolicionista, o enterro de Luís Gama foi um verdadeiro acontecimento em São Paulo acompanhado por 4.000 pessoas. Em 2015, a Ordem de Advogados do Brasil (OAB) lhe concedeu postumamente o título oficial de advogado”, contou.


“Já Antonieta de Barros foi professora, jornalista e deputada. Natural de Santa Catarina, Antonieta de Barros dedicou toda sua vida ao ensino e, de igual maneira, fundou jornais onde defendia ideias feministas.


Na década de 30, entrou na política e foi a primeira deputada estadual negra do país e primeira deputada mulher do Estado de Santa Catarina. Foi eleita em 1934, pelo Partido Liberal Catarinense, para a assembleia que redigiria a nova Constituição e esteve nas comissões que relatariam os capítulos Educação e Cultura e Funcionalismo. Integrou a Assembleia Legislativa catarinense até 1937, quando teve início a ditadura do Estado Novo.


Posteriormente, voltou a se dedicar ao magistério ocupando cargos de direção em diversas escolas e, em 1947, foi novamente deputada estadual no seu Estado e autora da lei que transformou o dia 15 de outubro em ‘Dia dos Professores’ em Santa Catarina, pela Lei nº 145, de 12 de outubro de 1948”, destacou.


“Dessa forma, o homenageado terá essas duas opções de medalha para, simbolicamente, escolher a que melhor o representar. Por fim, gostaria de agradecer o apoio dos demais vereadores na aprovação dessa importante iniciativa”, concluiu Ana Paula.



LEIA MAIS NOTÍCIAS:


Encontro com o Pré-candidato a Deputado Federal por Atibaia, Prof. Walter Vicioni

Apresentação da Orquestra de Viola Brasileira de Atibaia, centro comunitário do Bairro do Portão


Edição: Bruno Papini