WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Ana Paula Beathalter alerta que servidores municipais estão preocupados com o convênio médico


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Notícias sobre o Hospital Novo, que outro grupo empresarial deve assumir, são a razão dessa preocupação


A vereadora Ana Paula Beathalter apresentou em Tema Livre, durante a sessão de 21 de setembro, as demandas protocoladas por seu gabinete. Inicialmente, ela comentou a ansiedade da população, especialmente dos servidores da Prefeitura, em relação ao contrato da Prefeitura com o Hospital Novo Atibaia.


“Foram publicadas notícias de que outro grupo empresarial assumirá a direção do hospital. Os funcionários estão preocupados com a continuidade dos serviços prestados pelo seu plano de saúde”, justificou a vereadora ao Jornal Estância.


TERRAPLENAGEM E POLUIÇÃO SONORA


Ana Paula Beathalter pediu ao Executivo informações sobre movimentação de terra ou terraplenagem em vários locais do município. Em outra frente, também manifestou seu interesse pela proteção contra a poluição sonora.

“Neste período de pandemia, aumentou o número de veículos e motos transitando pela cidade, seja por aplicativo ou por vínculo com outros estabelecimentos. Isso tem prejudicado o sossego de várias pessoas, inclusive aquelas que estão trabalhando remotamente. Essa demanda chega a áreas da Prefeitura como as Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Segurança Pública. Gostaríamos de ter informações sobre o planejamento da fiscalização, de preferência preventiva, sobre os emissores desses ruídos”, contextualizou.


CRISE HÍDRICA


A vereadora relatou que aumentou o número de pessoas que se queixam da dificuldade em encontrar água em "poços caipiras" e artesianos. Bairros como Maracanã, Usina, Belvedere e bairro do Portão estão registrando o problema. “Como estão os estudos da área de saneamento básico para enfrentarmos a crise hídrica? Pelo lado político, nosso papel é buscar apoio em nossas bases partidárias para obter recursos, já que são obras de grande investimento”.


ILUMINAÇÃO PÚBLICA


Nos documentos de seu gabinete encaminhados à Prefeitura, a vereadora, refletindo pedido de moradores, defendeu a ampliação da iluminação pública. Um dos pedidos é da rua Estrela do Sul, no Belvedere.


“Tenho recebido reclamações de munícipes em relação à iluminação pública, principalmente de estudantes do período noturno e pessoas que trabalham à noite. Além da questão da segurança, o bom gerenciamento de iluminação pública e a consequente expansão do parque de iluminação são determinantes quando falamos em eficiência energética e estética urbana”, explicou Ana Paula Beathalter.


“Por meio de requerimento, aprovado pela maioria, pedi à Prefeitura informações sobre os serviços previstos para o setor. Com os dados em mãos, teremos melhores condições de acompanhar as ações e cobrar os serviços, podendo inclusive ajudar o Executivo a identificar áreas com déficit de iluminação”, pontuou.


DOENÇAS RARAS


O gabinete da vereadora também recebeu pedidos de instalação de lombadas. Um deles é da rua Jabaquara, no Jardim Imperial. “São vias em que, principalmente aos finais de semana, motoristas passam em alta velocidade, colocando em risco moradores, especialmente crianças brincando em frente das casas”.


“Outro tema é que, em função de minha participação recente em evento sobre doenças raras, preciso levantar dados e compartilhá-los com o governo federal sobre esses pacientes, incentivando a elaboração de políticas públicas em nível nacional”, enfatizou.


CARGO DE MOTORISTA


Em indicação, a vereadora Ana Paula Beathalter solicitou a mudança de nomenclatura no caso da função de agente de serviços de transporte. A alteração seria para “motorista”.

Segundo ela, “reforma administrativa criou aquela denominação do cargo. Gostaria de contar com o apoio dos colegas para que o Executivo possa estudar essa matéria, contemplando o pedido justo da categoria”.


AUDIÊNCIAS PÚBLICAS


A vereadora expressou ainda seu pedido aos poderes Legislativo e Executivo para que as audiências públicas aconteçam, de forma presencial ou híbrida (online e física), à noite ou nos finais de semana.


“O objetivo é de que as matérias de interesse público, especialmente aquelas voltadas à tríade orçamentária (Plano Plurianual, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei do Orçamento Anual) e a áreas como transporte coletivo, Plano Diretor, uso e ocupação do solo, possam ser tratadas de forma mais transparente, com a participação da população. A transmissão atual das audiências públicas, utilizando o YouTube, deixa os moradores na condição de meros espectadores. A população pode se comunicar via chat, mas esse recurso tem limitação de caracteres”, defendeu.


COLETIVO DE YOGA


A vereadora Ana Paula Beathalter terminou sua fala em Tema Livre, destacando o trabalho do Clã da Montanha, coletivo de professores de Yoga. “Como voluntários, eles obtiveram junto à Prefeitura, de acordo com decreto municipal sobre restrições sanitárias na pandemia, a aprovação para retomar aulas em espaços públicos de Atibaia, promovendo o bem-estar e a saúde dos moradores”.


O grupo reinicia essas aulas no próximo domingo, 26 de setembro, com o professor e jornalista Danilo Aguiar. Será na área de lazer do Jardim do Lago, a partir das 9h. No domingo seguinte, na praça da Matriz, fará sua aula a professora Thaís de Cássia; dia 10 de outubro, na praça Guanabara, a cargo de Camile Oliveira; e, no dia 17 de outubro, na área do lago do Jardim dos Pinheiros, a aula será com André Baronian.