top of page
Banner_ESTANCIA_ATIBAIA_Ubs_Imperial_979x182.png
Banner_ESTANCIA_ATIBAIA_Ubs_Imperial_979x182.png
Buscar

Ana Paula Beathalter apontou problemas críticos de zeladoria e falta de vagas em escolas e creches


Vereadora Ana Paula Beathalter apontou problemas críticos de zeladoria e falta de vagas em escolas e creches de Atibaia
Vereadora Ana Paula Beathalter

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA

Recentemente, apareceram denúncias graves na área da Saúde e os problemas de atendimento continuam, afirmou

A vereadora Ana Paula Beathalter comentou, durante o Tema Livre, na sessão de 15 de fevereiro, a situação de abandono em que se encontram diversos bairros, como Maracanã, São Roque, Cachoeira e Estância Brasil. “As estradas estão em petição de miséria. As fortes chuvas prejudicaram bastante essas vias, abrindo até mesmo crateras, que podem provocar acidentes”.

“Assim, gostaria aqui de reiterar os inúmeros pedidos desta Casa e dos moradores na Ouvidoria e no sistema 1Doc. Além disso, observamos muitos imóveis públicos e particulares com muito mato em calçadas, favorecendo a proliferação de animais peçonhentos”, acrescentou a vereadora. ZELADORIA E SINALIZAÇÃO

“Há problemas críticos de zeladoria e falta de vagas em escolas e creches. Déficit no transporte escolar e falta de sinalização de trânsito. Recentemente, apareceram denúncias graves na área da Saúde e os problemas de atendimento continuam. As necessidades são tantas!”, exclamou Ana Paula Beathalter.

“O nosso trabalho é feito com base em pedidos dos moradores e, claro, em denúncias, sempre com o objetivo de proporcionar melhorias para a cidade como um todo”, enfatizou. A vereadora citou a entrada da cidade, a anterior sede do posto de saúde de Caetetuba e o entorno do Restaurante Popular, além da área onde funcionava a Dersa e agora recebe a Defesa Civil. REDUTORES DE VELOCIDADE

“Moradores pedem sinalização com redutores de velocidade, em pontos em que os motoristas colocam em risco crianças, idosos e animais. Precisamos de informações sobre as escolas municipais – algumas unidades têm elevado número de estudantes em cada sala de aula – e deficientes sem acompanhantes. Nos bairros do Portão, Sul Brasil e Usina, crianças precisam caminhar mais de 2 km para tomar o ônibus”, relatou Ana Paula Beathalter. “Precisamos que os serviços essenciais sejam realizados, não apenas obras de pirotecnia”. QUEIXAS NA SAÚDE “Situação na UBS do Tanque precisa ser apurada. Reclamação apontou que houve morte por negligência de funcionária pública, que se negou a chamar o SAMU nem aferiu pressão e temperatura do paciente. Se for procedente a denúncia, é grave. Além disso, na rede de saúde ainda predomina a queixa sobre a falta de médicos - unidades relevantes ficam sem esses profissionais para dar atendimento humanizado”, concluiu a vereadora.



Vereadora Ana Paula Beathalter

Câmara aprova Moção de Congratulações às servidoras estaduais de ensino Andréa Finotti e Carolina de Oliveira

Autoria do documento é da vereadora Ana Paula Beathalter A Câmara aprovou na sessão desta terça-feira (15) uma Moção de Congratulações às servidoras públicas estaduais Andréa Grecco Finotti (Diretor Técnico III) e Carolina Roberta Torres de Oliveira (Assessor Técnico III), ambas lotadas na Secretaria de Estado de Educação de São Paulo, pelos relevantes serviços prestados nas escolas estaduais de Atibaia.

O Governo do Estado de São Paulo realiza matrículas nas respectivas escolas públicas com base no georreferenciamento, com o objetivo de assegurar o atendimento à Constituição Federal de 1988, que determina que o ensino seja ministrado com igualdade de condições para acesso e permanência na escola, e ao Estatuto da Criança e do Adolescente, que preconiza que a criança deve ter acesso à escola pública e próxima à sua residência.

Ocorre que, para 2022, o governo ampliou o número de escolas em tempo integral em vários municípios do Estado, incluindo Atibaia, e muitos alunos foram matriculados nessa nova modalidade sem, contudo, terem condições de frequentar a escola em período integral, pois muitos trabalham no contraturno escolar para complementar renda da família, assegurando os mínimos necessários para sobrevivência digna. O município também já registrava demanda reprimida de vagas no período noturno do ensino médio, requisitando estudos para abertura de mais salas.

“Assim, a demanda foi elevada e as referidas servidoras resolveram (ou encaminharam adequadamente) inúmeros casos, devolvendo a paz aos estudantes e respectivos familiares, evitando a evasão escolar de muitos alunos.


Portanto, esta moção é minha homenagem a essas grandes mulheres por comprovarem ser profissionais diferenciadas e admiráveis, que trazem na essência o dom de orientar em elevado nível e com educação ímpar. Agradeço aos demais vereadores pela aprovação do documento”, afirmou a vereadora.

anuncioNOVOconc.png
anuncioNOVOconc.png
anuncioNOVOconc.png
WhatsApp Image 2023-11-08 at 15.41.27.jpeg
CLASSIFICADOS
bottom of page