WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Ana Paula Beathalter, recebeu hoje o Jornal Estância de Atibaia, ela falou sobre aglomerações na pan



JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


A vereadora Ana Paula Beathalter, recebeu em seu gabinete o Editor do Jornal Estância de Atibaia, Bruno Papini. Nesta semana durante a sessão de terça, 8 de junho, a vereadora falou sobre a gravidade da pandemia no país, mostrando eventos de alto risco para a transmissão do coronavírus. “Pessoas de diversas idades têm se manifestado sobre essa preocupação. Atibaia perdeu no ano passado 76 pessoas para a doença. Esse número subiu para 189 vidas nesta semana, considerando contagem desde janeiro de 2021, além de sete óbitos ainda em investigação”.

Ana Paula Beathalter também abordou o risco de paralisação do transporte público em Atibaia. “Parcela dos funcionários da Sou Atibaia, eventualmente insatisfeita com erro na folha de pagamento, chegou a anunciar a suspensão das atividades. Quais os reais motivos para essa mobilização? É um serviço essencial que não pode sofrer solução de continuidade. Precisamos de acompanhamento e de monitoramento desse importante e relevante serviço para a população”. Na sequência, a vereadora comentou requerimento que apresentou nesta semana ao Executivo, solicitando informações sobre ações de regularização, compactação e nivelamento de paralelepípedos em vias do centro de Atibaia, inclusive na via que dá acesso à Câmara.

Ana Paula Beathalter citou também duas indicações que apresentou nesta semana. Um dos documentos solicita à administração a limpeza, o conserto e a implementação de equipamentos lúdicos na Praça Alfredo Bontempo, no Parque das Nações. “Os moradores fizeram essa reclamação e aguardam as providências”. A segunda indicação da vereadora reflete pedido de moradores da rua Major Alvim, bairro do Alvinópolis. É a poda de emergência em árvore naquela via, que hoje causa insegurança e representa ameaça ao patrimônio.