WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Atibaia acumula mais de 2 mil vagas e tem o melhor saldo de empregos da região


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


De acordo com dados do Caged, cidade acumula saldos positivos desde janeiro deste ano, apresentando o melhor resultado da região bragantina


De acordo com os dados mais recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social, Atibaia registrou saldo positivo em todos os meses de 2021, acumulando 2.045 novas vagas formais até agosto, o melhor saldo de empregos da região bragantina.


Com as 1.715 admissões e 1.365 desligamentos registrados, o município fechou o mês de agosto com saldo de 350 empregos com carteira assinada, crescimento de aproximadamente 201% em relação às vagas criadas no mesmo mês de 2020, quando os resultados dos investimentos na recuperação do mercado de trabalho da cidade começaram a ser observados. Se o início da pandemia marcou a derrubada dos indicadores de emprego formal e Atibaia registrou mais demissões do que contratações de março a julho do ano passado, em agosto de 2020 começa a reação.


Apresentando saldos positivos nos meses de agosto (116 vagas), setembro (82) e outubro (373), novembro registrou o melhor resultado de 2020: 672 vagas formais criadas. Após saldo negativo de 86 vagas em dezembro, movimento comum para o mês já que são fechadas as vagas temporárias de fim de ano, a recuperação do mercado de trabalho atibaiense volta a avançar, com resultado positivo em todos os oito meses contabilizados até agora pelo Caged. O resultado de agosto foi um dos melhores do ano, ficando atrás de fevereiro, saldo de 500 vagas, e junho, com 369 novos postos de trabalho.


De acordo com os dados do Ministério do Trabalho e Previdência Social, entre os meses de janeiro e agosto deste ano, o setor com melhor saldo de empregos formais foi o de serviços, com 849 novas vagas, seguido pela indústria (751) e comércio (427). Agropecuária teve saldo positivo de 46 empregos e o ramo da construção civil, saldo negativo, com 28 postos de trabalho fechados.

Posts Relacionados

Ver tudo