Bragança Paulista inicia setembro com mais de 250 vagas de emprego no PAT


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Município tem apresentado saldo positivo de empregos nos últimos meses

Bragança Paulista tem apresentado saldo positivo de geração de empregos nos últimos meses e inicia setembro com mais de 250 vagas disponíveis no PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador). Além disso, nos últimos dias de agosto o PAT conseguiu recolocar no mercado de trabalho 92 pessoas.

Tânia Seminari, Assessora de Departamento, destaca que o PAT foi reformado e está com uma estrutura adequada para receber a população, incluindo sala de entrevistas. “Somente nos últimos dias de agosto foram 92 empregos. Logo no primeiro dia de setembro foram outras 250 vagas abertas”, ressalta Tânia.

Além de intermediar a oferta de vagas no município, fazendo a ponte entre as empresas e a população, o PAT oferece outros serviços, como orientação referente à Carteira de Trabalho Digital.

No local ainda funciona a Divisão de Apoio ao Desenvolvimento da Indústria e Comércio, chefiada por Matheus Lisboa. A Divisão atende empresários tanto de Bragança Paulista como da região que buscam montar suas empresas na cidade. “Temos várias políticas de incentivo e uma delas é a concessão de lotes para áreas industriais. Houve o chamamento público para 16 áreas, com 37 interessados. Agora estamos em fase de habilitação das empresas”, comenta Matheus.

O Chefe da Divisão conta que essa semana foi procurado por empresa de Louveira que pretende se instalar em Bragança Paulista. “A Prefeitura tem proporcionado uma série de incentivos à indústria e ao comércio, buscando geração de emprego e renda. Temos a lei Pró-Indústria e Pró-Emprego que disciplina os incentivos fiscais e permitem uma série de benefícios para novos empreendimentos”, conta Matheus.

As empresas entram em contato com a Divisão e são agendadas reuniões para explicar todos os benefícios e atrair os empreendimentos para o município. “Temos percebido um crescimento na demanda, tanto de médias como grandes empresas. Temos ainda as empresas aumentando o quadro de funcionários e ampliando negócios. Continuamos de portas abertas recebendo as empresas e gerando emprego e renda para a cidade”, completa Matheus.

A Secretária de Governo, Desenvolvimento Econômico e Inovação, Camilla Gallucci Tomaselli, ressalta que outro foco do trabalho tem sido a oferta de cursos de qualificação profissional. Os cursos gratuitos do CATEC (Centro de Acesso à Tecnologia), por exemplo, ocorrem no local (no momento no formato on-line). “A Administração Municipal está trabalhando para atrair empresas para o município, incentivar a ampliação das já existentes, gerar empregos e ainda qualificar a população para ocupar as vagas disponíveis”.

Além dos atendimentos do PAT, o local abriga também o Banco do Povo e o Sebrae.

O horário de funcionamento do PAT é de segunda a sexta, das 8h30 às 16h, e os interessados devem portar Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade (RG) e CPF. O PAT fica no piso superior do Mercado Municipal Waldemar de Toledo Funck, no Centro (Rua Cel. Teófilo Leme, 1240).

SALDO POSITIVO

A alta quantidade de vagas de emprego disponíveis no PAT demonstra que tem ocorrido uma recuperação da economia do município, após passar o pior momento da pandemia de coronavírus. Essa retomada econômica reflete também no resultado apresentado pelo Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

Os dados de julho do Caged mostram que o saldo positivo foi de 118 vagas. Houve no mês 1.957 contratações e 1.839 desligamentos. Desde janeiro, o município acumula saldo positivo de 881 empregos, sendo que houve entre janeiro e julho 13.094 admissões. Segundo o Novo Caged, Bragança Paulista tem um estoque de 47.011 empregos formais.