Concerto Voz de Mulher reúne artistas com repertório diverso em Atibaia





JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Neste ano, evento promovido pela Prefeitura de Atibaia será on-line e em tributo à professora de música Cidinha Anselmo, de 91 anos


Dezenas de artistas e profissionais do setor cultural de Atibaia superaram os desafios impostos pela pandemia para realizar o “Concerto Voz de Mulher”, evento promovido pela Prefeitura da Estância de Atibaia já consagrado no município e que neste ano terá apresentações on-line dos mais diversos estilos de música, com apoio dos coletivos da cidade e uma série de tributos.


O Concerto Voz de Mulher – edição Vozes Plurais 2021 contará com apresentações de cerca de 30 artistas, cantando desde música caipira, pop, samba até rap, ponto de umbanda e música trans, com transmissão no domingo, dia 20 de junho, a partir das 16h, no Facebook da Prefeitura (https://www.facebook.com/atibaia). O link será disponibilizado no YouTube da Prefeitura (https://www.youtube.com/prefeituradaestanciadeatibaia) após a divulgação no Facebook, em evento que faz parte da programação de aniversário de Atibaia, celebrado em 24 de junho.


Promovido desde 2016 durante a Dobrada Cultural de Atibaia, o Concerto Voz de Mulher sempre ocorreu de forma presencial, o que a pandemia de Covid-19 impossibilitou neste ano. As gravações, então, aconteceram a distância, com uma ampla diversidade técnica, algumas caseiras e outras profissionais, em uma costura inclusiva e delicada. O trio que acompanha as cantoras é formado por Rosana Bergamasco no violão, Ana Eliza Colomar no sax, flauta transversal e cello e Cássia Maria na percussão.


Sob direção geral de Isadora Títto, que em 2019 também assinou a edição como diretora artística, o evento de 2021 contou com a participação dos coletivos de Atibaia ATA Cultural, Camélias, Coletivo Pajuba, ICJ, Negra Visão, Sarau da Jandyra, Viola em Flor e Conto-Ati, que fizeram indicações das pessoas para fazer parte do projeto. “Foi um convite pensado para a coletividade e o retorno foi emocionante. A gente tem realmente uma diversidade bonita. Você assistindo tudo junto você percebe o quão plural é o resultado”, explicou Isadora. Haverá, também, apresentação de um vídeo do Grupo Cantoria, que pretendia participar do evento e tem uma integrante que faleceu de Covid, parte das ‘femenagens’, termo utilizado para demonstrar o reconhecimento a um ato ou trabalho desenvolvido por uma mulher.


Com foco na coletividade e as diversas ‘mulheridades’, a edição 2021 do Concerto Voz de Mulher faz um tributo a uma das mais brilhantes professoras de música de Atibaia, Cidinha Anselmo, que completou 91 anos no final do ano passado e atuou de forma sensível e incansável com corais e aprendizes. O evento fará referências ainda aos centenários de Elizeth Cardoso – A Divina (nascida em 16 de julho de 1920) e de Ademilde Fonseca – A Rainha do Choro (nascida em 04 de março de 1921).


A maternidade foi outro tema que permeou o projeto. Uma das cantoras deu à luz no dia seguinte da gravação do vídeo, enquanto o coletivo Negra Visão faz uma saudação a Iemanjá, “mãe das águas”. Este ano o Concerto Voz de Mulher será transmitido em junho, mês do aniversário de Atibaia, ao contrário dos outros anos, quando ocorreu em março, mês das mulheres. De acordo com a Lei nº 4588/18, o objetivo do Concerto Voz de Mulher – que integra o Calendário Oficial do Município – é valorizar e dar espaço para as artistas mulheres de Atibaia.