Consulta pública do Rodoanel Norte recebe mais de 160 contribuições de interessados


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Investimentos garantirão melhor fluidez do trânsito, mais segurança aos usuários, além de impulsionar a economia paulista


Agência de Transporte do Estado de São Paulo encerrou na última quarta-feira (30), o recebimento das contribuições à Consulta Pública que trata da concessão do trecho norte do Rodoanel Mario Covas (SP-021). Prefeituras, munícipes, escritórios de advocacia, empresas da área de infraestrutura e engenharia ofereceram sugestões para o projeto.


A expressiva participação no processo, entre 28 de maio e 30 de junho de 2020, rendeu 148 sugestões. Outras 17 contribuições já tinham sido recebidas durante a audiência pública, realizada virtualmente no próprio dia 28 de maio, em decorrência da pandemia.

O objetivo da realização de consulta pública é assegurar a transparência da atividade administrativa, colher contribuições e esclarecer as linhas gerais do modelo proposto para o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo.


Resumo das Contribuições – Consulta e Audiências Públicas:


· Indicação de investimentos a serem contemplados no Estudo de Viabilidade Econômico-Financeira (EVTE) do projeto;

· Esclarecimentos sobre licenças ambientais necessários ao traçado;

· Sugestão de inclusão de providências e intervenções no Plano de Operação Inicial (POI);

· Solicitação de ajustes em cláusulas contratuais, no que se refere ao equilíbrio- econômico-financeiro do contrato, à alocação de riscos das obras e à operação da rodovia;

· Dúvidas e sugestões sobre a contemplação da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD no projeto, entre outros.


A partir de agora, em nova etapa da licitação, todas as sugestões do público em geral, comentários e manifestações recebidas passarão por análise técnica da ARTESP e equipes multidisciplinares do Governo do Estado de São Paulo. O resultado da análise será publicado no site.



“Maior obra rodoviária do país, a nova concessão do Rodoanel Trecho Norte movimentou os mais diversos segmentos, o saldo da consulta é bem positivo. Estamos no caminho certo para suprir os anseios de mobilidade da população”, destaca o diretor-geral da ARTESP, Milton Persoli.


A previsão é de que, ainda na primeira quinzena de julho, seja disponibilizado um completo Data Room bilíngue (em inglês e português), com todas as informações sobre a licitação, assim como documentos, levantamento de dados e estudos sobre o projeto, a fim de que os investidores possam montar suas propostas com mais segurança. A publicação do edital deve ocorrer no segundo semestre de 2021.