top of page
Banner_ESTANCIA_ATIBAIA_Ubs_Imperial_979x182.png
Banner_ESTANCIA_ATIBAIA_Ubs_Imperial_979x182.png
Buscar
  • Jornal Estancia de Atibaia

Criança de 4 anos morreu em incêndio em Atibaia no bairro Portão


Criança de 4 anos morreu em incêndio em Atibaia
Criança de 4 anos morreu em incêndio em Atibaia

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


A tragédia aconteceu na madrugada deste sábado (14), no bairro Portão.


A polícia trabalha com a hipótese de acidente. Outras duas crianças de 10 e 12 anos, irmãos da vítima, saíram ilesas e a mãe e a avó da criança se salvaram com ferimentos leves


Poucas horas separam as travessuras do pequeno Levi de Camargo Nascimento, de 4 anos, da morte trágica ocorrida por volta de duas horas deste sábado, enquanto dormia.


O quarto onde Levi estava com a avó pegou fogo e as chamas se alastraram rapidamente. Foi a irmã de Levi, uma menina de 12 anos, que chamou a mãe deles, Aline, para pedir socorro.


Apesar dos esforços da mãe e da avó, elas não conseguiram retirar a criança do quarto. O pai de Levi, que dormia em outro cômodo, retirou os filhos de 10 e 12 anos do local. Aline teve queimaduras de segundo grau e foi socorrida na UPA de Atibaia junto com a mãe dela e avó da criança. A avó teve ferimentos leves.


O fogo não chegou a se alastrar para outros cômodos do imóvel, que fica numa vila na principal e mais movimentada rua do bairro Portão. No momento do incêndio, vizinhos e parentes da vítima conseguiram conter as chamas usando mangueira, uma lavadora de alta pressão e baldes de água. Os Bombeiros foram acionados e chegaram rapidamente ao local.


Foi a equipe do SAMU que constatou a morte da criança. O corpo de Levi foi levado ao IML de Bragança Paulista e o velório teve início por volta das 12 horas deste sábado no cemitério do Alvinópolis, onde ocorreu o sepultamento no final desta tarde.


Policiais militares, civis e peritos do Instituto de Criminalística de Bragança Paulista estiveram no local. Segundo dados do Boletim de Ocorrência, não há indícios de incêndio criminoso e a hipótese principal é a de que tenha havido um acidente. Segundo o Atibaia News apurou, uma das possibilidades é que um dos irmãos de Levi brincava com um isqueiro ou caixa de fósforos e deu início involuntariamente ao fogo no quarto.


Não há informações sobre uso de velas ou que tenha ocorrido curto circuito. Apenas a perícia pode apontar onde o fogo começou.


A Equipe do Jornal Estância, lamenta o ocorrido e nossos os sentimentos a todos familiares e amigos, neste momento de dor.

Comments


anuncioNOVOconc.png
anuncioNOVOconc.png