WhatsApp Image 2022-08-05 at 15.21.46
WhatsApp Image 2022-08-05 at 15.21.46

Algodão Doce Kids & Baby

press to zoom
Procura Dobby
Procura Dobby

A Procura por Dobby

press to zoom
Seguros
Seguros

seu Seguro esta Aqui

press to zoom
WhatsApp Image 2022-08-05 at 15.21.46
WhatsApp Image 2022-08-05 at 15.21.46

Algodão Doce Kids & Baby

press to zoom
1/11

Governo de São Paulo inicia Operação Réveillon e Verão 2022


Governo de São Paulo inicia Operação Réveillon e Verão 2022
Operação Réveillon e Verão 2022

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Equipes da ARTESP e DER vão reforçar ações operacionais para garantir segurança e maior conforto nas rodovias paulistas na temporada de verão

O Governo do Estado de São Paulo lançou, nesta quarta-feira (22), a Operação Réveillon e Verão 2022, com reforço no atendimento, monitoramento e fiscalização nas rodovias paulistas.


A mobilização para a Operação Verão será até 06 de março, em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual. “É uma operação importante para garantir a qualidade das rodovias e a segurança da população neste verão, o primeiro após a campanha de vacinação”, afirma o Secretário Estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto.


Para este final de ano (21/12 a 3/1), na Operação Réveillon, a previsão é que mais de 5 milhões de veículos passem pelos quatro principais corredores rodoviários concedidos que ligam a capital aos municípios do interior e litoral paulista, regulados pela ARTESP - Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo. Nas rodovias administradas pelo DER - Departamento de Estradas de Rodagem devem passar mais 2,8 milhões de veículos, no período.


Para evitar congestionamentos, a orientação é que os motoristas evitem os horários de maior movimento. Para a semana do natal, o trânsito deve ficar intenso na sexta-feira (24), das 15 às 19 horas, no sábado (25), das 08 às 13 horas, e segunda-feira (27), das 12 às 20 horas. Já na semana do ano novo, a maior movimentação de veículos deve ser na quinta-feira (30), das 16h às 19h e na sexta-feira (31), das 09h ao meio-dia. No retorno à capital no domingo (02), a expectativa é de trânsito intenso das 11h até às 22h. Os motoristas podem ainda se planejar utilizando informações de tráfego das rodovias, disponíveis nos sites das concessionárias. Além disso, mensagens com orientações serão veiculadas nos painéis eletrônicos (PMVs) distribuídos pela malha concedida.


Movimentação Natal


De 21 até 27 de dezembro, a expectativa de veículos no Sistema Castello-Raposo é que o fluxo seja de 580 mil veículos durante o feriado. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes devem circular 698 mil veículos, no período. Já na Ayrton Senna – Carvalho Pinto são esperados 815 mil veículos (nos dois sentidos). No Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), a concessionária que administra o trecho espera que entre 474 mil veículos sigam em direção ao litoral.


Movimentação Ano-Novo


De 28 dezembro até 03 de janeiro, a expectativa de veículos no Sistema Castello-Raposo é que o fluxo seja de 510 mil veículos durante o feriado. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes devem circular 602 mil veículos, no período. Já na Ayrton Senna – Carvalho Pinto são esperados 776 mil veículos (nos dois sentidos). No Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), a concessionária que administra o trecho espera que entre 648 mil veículos sigam em direção ao litoral.


Especificamente sobre o SAI, o movimento de veículos rumo à Baixada Santista no natal deve aumentar na tarde de sexta-feira (24), quando está prevista a implantação da Operação Descida 7X3, e das 16h às 3h do sábado (25). O mesmo esquema deve voltar a ser implantado no SAI na manhã de sábado (25), das 8h às 20h e no domingo (26), das 9h às 12h. A volta dos turistas deve ser intensificada no fim da tarde de domingo (26), dia em que está prevista a implantação da Operação Subida 2X8, das 18h às 21h. Este esquema deverá ser montado também na segunda (27), das 11h às 3h da terça-feira (28). No ano novo a operação descida tem início na terça-feira (28), com fluxo de veículos das 09h até às 19h. A maior movimentação de veículos está prevista para quinta-feira (30) das 08h até a meia-noite e na sexta-feira (31) ao longo de todo o dia. Na volta, a previsão é de trânsito no final de tarde de sábado (01) a partir das 17h, quando será implementado a Operação Subida 2x8.


“A expectativa é que as rodovias estejam bem movimentadas durante esse período de festas de final de ano, no entanto, já estamos preparados para atender a alta demanda e oferecer todas as condições para viagens mais seguras e confortáveis e, se houver necessidade de uma assistência rápida, as equipes estarão de prontidão para oferecê-la”, afirma Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP.


Outros trechos

Rodoanel: A concessionária que administra o Rodoanel Mário Covas (trechos sul e leste) aguarda mais de 940 mil veículos durante o natal e mais de 750 mil veículos no ano novo.

Tamoios: Para a Rodovia dos Tamoios, importante ligação entre o Vale do Paraíba e o litoral norte, estão previstos 257 mil veículos durante o natal e mais de 446 mil veículos no ano novo.

Rodovias do DER

  • SP 055 – LITORAL NORTE (RODOVIA CÔNEGO DOMÊNICO RANGONI) – Entre os dias 22/dez/2021 e 3 de janeiro 2022, a previsão é de mais de 530 mil veículos.

  • SP 055 – LITORAL SUL (PADRE MANOEL DA NÓBREGA) - Entre os dias 22/dez/2021 e 3 de janeiro 2022, a previsão é de mais de 970 mil veículos.

  • SP 098 – (MOGI- BERTIOGA – RODOVIA DOM PAULO ROLIM LOUREIRO) - Entre os dias 22/dez/2021 e 3 de janeiro 2022, a previsão é de mais de 295 mil veículos.

  • SP 125 – (RODOVIA OSWALDO CRUZ) - Entre os dias 22/dez/2021 e 3 de janeiro 2022, a previsão é de quase 158 mil veículos.

  • SP 270 – (RODOVIA RAPOSO TAVARES) - Entre os dias 22/dez/2021 e 3 de janeiro 2022, a previsão é de 925 mil veículos.

Travessias litorâneas - A Operação Verão 2022 também vai acontecer nas oito travessias litorâneas. Serão disponibilizadas 31 embarcações, no total, além de monitoramento operacional e equipes de manutenção 24 horas, informações em tempo real nos PMVs e no Aplicativo Travessias.

Além dos reforços operacionais e de fiscalização, as rodovias estaduais contarão com o uso drones, que permitem às equipes de campo um melhor tempo de resposta e tomadas de decisões, além câmeras de fiscalização, que abastecem os centros operacionais 24 horas por dia, e 551 sensores de tráfego.

As rodovias administradas pelo DER e as concedidas, sob fiscalização da ARTESP, contam com recursos operacionais como guinchos, veículos de inspeção e ambulâncias.

Antes de pegar estrada

Cuidados mecânicos: Verifique os itens de segurança, condições dos pneus, freios, luzes e limpadores de para-brisa. Se puder, faça um check-up na oficina mecânica de sua preferência antes da viagem.

Atenção ao volante: Mantenha uma distância segura dos outros veículos; dê passagem quando solicitado; nunca dirija após ingerir bebida alcoólica; ultrapasse somente com segurança.

Chuva e neblina: Em caso de condições adversas do clima, redobre os cuidados, reduza a velocidade e procure se guiar pelas faixas da rodovia. Lembre-se que os faróis baixos devem permanecer acesos e o acostamento só deve ser usado em caso de emergência. Nunca pare na pista.

Emergências: Anote o contato da concessionária que administra a rodovia por onde vai passar. Em caso de emergência, pare em local seguro e acione a concessionária para o atendimento.

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 11,7 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 46% da malha estadual, abrangendo 293 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, de Campinas, da Baixada Santista, do Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais.