Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
WhatsApp Image 2021-12-06 at 14.47.56.jpg
WhatsApp (1)JORNALESTANCIA.png

Heroína nacional: ucraniana mãe de 12 filhos morre enquanto lutava contra a invasão russa


Olga Semidyanova
Olga Semidyanova

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Olga Semidyanova, de 48 anos, foi atingida no estômago durante um violento tiroteio contra as tropas da Rússia em Donetsk


Ao ler este texto, vários podem criticar uma mãe que deixou 12 filhos, a profissão que amava e tudo que construiu ao longo da vida, para morrer na linha de frente de uma guerra. Mas muitos são os propósitos que levaram uma médica ucraniana a tomar esta decisão e a este fim. E na Ucrânia, seu país, ela se tornou “heroína nacional”, um entre tantos símbolos da luta sangrenta contra as tropas militares russas do presidente Vladimir Putin.


Olga Semidyanova, de 48 anos, foi atingida no estômago durante um violento tiroteio perto de Donetsk, região Leste da Ucrânia. Segundo a mídia local, ela foi ferida enquanto tentava bravamente combater as forças russas quando a maior parte da unidade que integrava havia sido morta.


Familiares da médica relatam que o corpo dela ainda não pode ser recuperado por conta das contínuas batalhas que ainda ocorrem na região. A família passa por momentos dolorosos à espera de um momento para um enterro digno da bravura da mulher.

“Ela salvou os soldados até o fim. Temos fotos do local da morte, mas devido à luta intensa ainda não podemos enterrar minha mãe”, contou uma das filhas de Olga, identificada apenas como Júlia, ao jornal The Sun.










Fonte: metrópoles


Olga Semidyanova, Guerra na Europa, Ucrania

ATIBAIA Notícias