WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Judô de Atibaia garante conquistas em torneios no Rio de Janeiro e em São Bernardo do Campo


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Mantendo sua tradição, mais uma vez o judô de Atibaia conquistou uma medalha de ouro, desta vez nos Jogos Escolares Brasileiros


Recentemente três judocas de Atibaia que integram a equipe da Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura, em parceria com o São João Tênis Clube e a Associação Paulo Alvim de Judô, participaram de torneios da modalidade e obtiveram destaque.


Nos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) – evento realizado na cidade do Rio de Janeiro e que é considerado o maior do desporto escolar do país, reunindo cerca de 6 mil atletas, distribuídos em 17 modalidades – Atibaia manteve sua tradição de grandes conquistas no judô e mais uma vez conquistou a medalha de ouro com uma trajetória perfeita de Octávio Chiossi após cinco lutas muito disputadas. A medalha levou o Estado de São Paulo à primeira colocação da classificação geral masculina.


O técnico convocado para a equipe masculina do Estado de São Paulo foi o professor Thiago Valladão (Colégio Atibaia), acompanhado no torneio pelos atletas Renan Breitenbach Lima (Colégio Atibaia, -58 kg) e Octávio Weber Chiossi (Colégio Dom Bosco), representando suas instituições de ensino.

Já pelo Campeonato Paulista por Faixas, realizado na cidade de São Bernardo do Campo, estiveram em ação os judocas de Atibaia Erick Matsumoto e Pedro Meirelles. A competição reúne os maiores nomes do judô de São Paulo em busca do título de campeão por categoria, com direito à nova graduação e sem divisão de idade, o que dificulta a disputa para os mais jovens.


Mesmo com esse desafio à frente, o jovem judoca de 17 anos, Erick Matsumoto, após quatro lutas intensas, todas finalizadas por Ippon (ponto máximo no Judô), conquistou o direito à nova graduação de faixa preta. O judoca ainda terá que participar de diversos cursos para complementar a avaliação curricular, mas, na sequência, estará liberado para utilizar a nova graduação.


No Campeonato Paulista por Faixas o professor kodansha Paulo Alvim (Pi), representante dos técnicos do Estado de São Paulo, acompanhou os judocas de Atibaia.