Morre aos 98 anos, último sobrevivente dos libertadores de Auschwitz, David Dushman.



JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Judeu russo morreu em Munique, no sul da Alemanha, onde residiu por vários anos, segundo informou o COI no sábado (5). Dushman era também um esgrimista talentoso e treinou equipe soviética por mais de 30 anos.


David Dushman, o último dos libertadores ainda vivo do campo de concentração nazista de Auschwitz e um esgrimista talentoso, morreu aos 98 anos.

Nascido em Gdansk e de origens judaicas, Dushman atuou como soldado do soviético Exército Vermelho. Em janeiro de 1945, aos 21 anos, derrubou com um tanque de guerra a cerca elétrica que cercava Auschwitz para libertar os prisioneiros do campo de extermínio.