WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Praça do Jardim dos Pinheiros será denominada “Renata Pallottini”, em homenagem à poeta e dramaturga


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Iniciativa foi do vereador Marcão do Itapetinga


A Câmara aprovou na sessão desta semana, 16 de novembro, o projeto de lei, de autoria do vereador Marcos Pinto de Oliveira (Marcão do Itapetinga), que denomina a praça pública, localizada no entorno do lago do Jardim dos Pinheiros, de “Praça Renata Pallottini”.


Renata Pallottini, falecida aos 90 anos de idade em julho de 2021, era poeta, dramaturga, romancista e ensaísta reconhecida nacionalmente. Natural da cidade de São Paulo, Renata viveu várias décadas em frente ao lago do Jardim dos Pinheiros. Em Atibaia, junto à Associação Teatral - ATA CULTURAL, articulou palestras sobre teatro brasileiro, além de leituras dramáticas e conversas sobre suas peças. Realizou encontros com grupos de teatro da cidade, que montaram espetáculos seus, como foi o caso de seu conhecido trabalho "O crime da cabra" (vencedor do Prêmio Moliére de Teatro).


Outros importantes trabalhos da escritora foram a tradução da versão do musical "Hair", nos anos 1960; a adaptação televisiva de “Vila Sésamo"; e a coautoria da série "Malu Mulher", na TV Globo. Era graduada em Direito pela USP e Filosofia pela PUC-SP, além de ter estudado Dramaturgia e Crítica na Escola de Artes Dramáticas da USP, e Literatura e Língua Espanhola e História da Arte na Universidade Complutense de Madrid, na Espanha.


“É com muita honra e admiração que denominamos a praça do Jardim dos Pinheiros com o nome de uma das maiores artistas do nosso país. A sra. Renata Pallottini foi uma figura pública de destaque nos meios culturais não apenas de São Paulo e do Rio de Janeiro, mas também da nossa querida Atibaia. Obrigado ao demais vereadores pela aprovação deste projeto de lei”, afirmou Marcão do Itapetinga.


Marcão do Itapetinga utiliza tribuna para falar sobre o programa Atibaia FloridaEssa é uma ação muito interessante desenvolvida há quatro anos pela Prefeitura, e que, além de embelezar a cidade, também estimula o Turismo”, destacou


Na sessão da Câmara desta terça-feira, 16 de novembro, o vereador Marcos Pinto de Oliveira, o Marcão do Itapetinga, utilizou a tribuna para fazer um breve histórico do Atibaia Florida, bem como apresentar informações atualizadas acerca do programa.


“O responsável pela implantação e crescimento do programa Atibaia Florida aqui na cidade, no mandato do prefeito Saulo, foi o saudoso Mario Inui. Estive recentemente no Viveiro Municipal observando o processo de aquisição e manutenção das mudas. Essas mudas não são multiplicadas no local, elas são compradas ainda pequenas e cuidadas para que, posteriormente, possam ser plantadas nas praças da cidade”, relatou.


Segundo ele, são adquiridas anualmente de 35 a 40 mil mudas de uma empresa cadastrada na Prefeitura. “A empresa parceira também fornece equipe de manutenção e mão de obra para cuidar das mudas, composta, ao todo, por 14 funcionários terceirizados, sendo que oito são exclusivos do programa Atibaia Florida. O responsável técnico é o engenheiro agrônomo Marcos, da Secretaria de Agricultura, e o Jorge Matsuda, diretor da pasta, é responsável tanto por gerir essa parceria quanto fiscalizar o trabalho desenvolvido por meio de visitas às praças”, informou Marcão.


Em sua fala, o vereador também apresentou os recursos investidos no Atibaia Florida: “esse programa começou em 2018 com um investimento de R$ 720 mil; em 2019 contou com R$ 936 mil; em 2020 também contou com o mesmo valor de R$ 936 mil; e em 2021 teve um investimento de R$ 1,1 milhão. Neste ano houve um termo aditivo por conta de um período que o programa ficou sem aporte e sem manutenção, e agora a Secretaria de Agricultura está retomando os trabalhos do Atibaia Florida. Inclusive a Secretaria de Cultura já fez pedido para a colocação de vasos em próprios públicos, como no Cine Itá e no Centro de Convenções”.


Marcão ressaltou ainda que a substituição das mudas ocorre em uma média de oito meses, exceto em casos de pane no sistema de irrigação. “A manutenção também acontece em casos de vandalismo, pois ainda há muitas pessoas que retiram as mudas para levar para suas casas, e em casos de acidentes. Outro dia, um carro subiu na guia e atravessou todo o canteiro, fazendo com que as equipes tivessem que refazer todo o trabalho novamente”, contou.


“Fiz essa explanação a respeito do programa Atibaia Florida, pois é uma ação muito interessante desenvolvida há quatro anos pela Prefeitura, e que, além de embelezar a cidade, também estimula o Turismo, uma vez que Atibaia é conhecida como a terra das flores e dos morangos”, concluiu Marcão do Itapetinga.


Posts Relacionados

Ver tudo