WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Prefeitura informa que em breve abrirá cadastro habitacional para 243 unidades em Caetetuba


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Transferência de terreno à CDHU para construção das moradias foi assinada em maio


A Secretaria de Habitação da Prefeitura de Atibaia informou que iniciará, em breve, o cadastro para as 243 unidades habitacionais que serão construídas no bairro Caetetuba. O cadastro ainda não foi aberto e será divulgado assim que estiver disponível para a população.


Em um importante movimento para ampliar as moradias à população do município, em maio deste ano o prefeito Emil Ono assinou junto à CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo a transferência de um terreno localizado em Caetetuba para a construção de 243 unidades habitacionais.


No momento, esse projeto está em andamento no Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais do Estado de São Paulo. Após ser aprovado, a Prefeitura dará ampla divulgação ao cadastramento da população, informando todos os requisitos para os interessados em adquirir uma moradia, que somente então poderão realizar a inclusão de seus nomes.


A Secretaria Municipal de Habitação intensificou o processo de planejamento e execução das ações na área de habitação buscando reduzir o conjunto de necessidades habitacionais diagnosticadas no município, com prioridade em promover a redução do deficit habitacional por meio da construção de novas moradias.


A construção das 243 unidades habitacionais no Caetetuba é um compromisso assumido pela gestão do prefeito Emil Ono. Além disso, com a missão de enfrentar o deficit habitacional e proporcionar uma vida mais digna à população de Atibaia, a Prefeitura também articula a construção de 400 unidades habitacionais no Jardim Colonial, entre outras ações, como a regularização fundiária de diversos loteamentos, fontes de financiamento para a renovação do Plano Municipal de Habitação e ampliação na participação dos programas habitacionais do Estado.