WhatsApp Image 2020-11-16 at 16.39.47.jpeg
AdvogadosEDITAIS.png
Publicado neste jornal em 27112021 as 0950hs (6).png
anunvioio (1).png
WhatsApp Image 2021-11-25 at 10.15.02.jpeg
Sem títuloclasificada.png

Santa Casa de Atibaia se destaca como uma das poucas no país com prontuários 100% eletrônicos


JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Registro digital possibilita mais segurança, qualidade e agilidade para tomada de decisões e análises dos casos


Inaugurada há 106 anos, a Santa Casa de Atibaia foi sendo modernizada ao longo do tempo e, atualmente, se destaca como uma das poucas instituições de saúde de média e alta complexidade no país que tem os prontuários 100% eletrônicos, assegurando mais segurança e qualidade no diagnóstico para os pacientes.

O prontuário eletrônico é um registro digital que inclui todas as informações dos pacientes como histórico, queixas, diagnósticos, tratamentos, exames, entre outros. Ele moderniza o acesso às informações e seus registros podem ser atualizados a cada novo encontro com o paciente.


Muitos são os benefícios de possuir os registros sistematizados: mais segurança das informações; agilidade para tomada de decisões e análises de cada caso; possibilidade de cruzar dados para um melhor atendimento ao paciente; solicitação de exames padrão automatizada; mais economia uma vez que não gera papel e os exames aparecem na tela do médico; dados com acesso monitorado e apenas para usuários liberados; registros salvos por tempo indeterminado, entre outros.

A história da Santa Casa de Atibaia começou no ano de 1912, quando, por iniciativa da benemérita família Pires, ficou resolvido que a partir do dia 3 de janeiro daquele ano, iniciasse a construção de um edifício para o hospital da Santa Casa de Misericórdia na cidade. A construção foi erguida no local da Santa Cruz dos Enforcados, ocupando uma área onde antes ficava um campo de futebol. Em fevereiro de 1915, foram concluídas as obras e em 1 de março do mesmo ano a Instituição, mantida por uma Irmandade fundada um ano antes, foi inaugurada.


No ano de 1999, a Santa Casa de Atibaia, único hospital público do município, enfrentou inúmeras dificuldades financeiras ameaçando encerrar suas atividades. A partir daí, houve a intervenção do hospital, ficando a gestão sob a responsabilidade da Prefeitura da Estância de Atibaia.