Prefeitura de Atibaia distribui álbuns de figurinha maio amarelo.

Atualizado: Jun 11



JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA


Ação educativa envolve estudantes das escolas municipais e fecha o mês de conscientização sobre segurança no trânsito


Na última semana deste mês dedicado à conscientização sobre segurança no trânsito, a Prefeitura de Atibaia promove uma ação educativa entre estudantes das escolas municipais, distribuindo a alunos do Ensino Fundamental I álbuns de figurinhas que exploram a temática. A iniciativa fecha a campanha de prevenção a acidentes coordenada pela Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano dentro do movimento global Maio Amarelo, que em 2021 trouxe o tema: “Respeito e responsabilidade: pratique no trânsito”.


Procurando chamar a atenção de todos para a colaboração que cada um pode dar na missão de reduzir os tristes números de acidentes, lesões e mortes que acontecem diariamente no trânsito – muitos deles evitáveis com atitudes mais respeitosas, gentis e prudentes – agentes de trânsito promoveram abordagens educativas entre os motoristas em algumas vias da cidade e nas escolas, placas educativas foram instaladas nos trechos da ciclovia que já estão prontos e as fachadas de prédios públicos receberam iluminação especial na cor amarela. Isso sem contar as matérias e vídeos abordando diversos temas relacionados a esse assunto que foram divulgados no site e nas redes sociais da Prefeitura.


Um trânsito mais seguro para todos depende de exercermos com responsabilidade, gentileza e cautela os diversos papéis que cada um de nós desempenha nesse contexto. Em relação às crianças, fica evidente a importância de ações educativas como essa quando temos em conta que, de acordo com o mais recente estudo da Organização Pan-Americana de Saúde (PAHO), os acidentes de trânsito são a principal causa de morte no mundo entre crianças de 5 a 14 anos. O Brasil repete essa triste realidade: os últimos dados divulgados do Datasus, plataforma de dados do Ministério da Saúde, também apontam o trânsito como a principal causa de morte acidental de crianças com menos de 14 anos.



Educar para o trânsito



Segundo a ONG de prevenção a acidentes na infância “Criança Segura”, todos os dias no Brasil, 3 crianças com menos de 14 anos perdem a vida e outras 29 são hospitalizadas em razão de acidentes de trânsito. Os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde indicam que na maior parte (cerca de 36%) desses acidentes fatais, a criança estava na condição de ocupante de um veículo e os atropelamentos (quase 30%) são a segunda maior ocorrência. O que ajuda a entender de que modo atitudes como a utilização adequada dos equipamentos de retenção infantil (bebê conforto, cadeirinha e assento de elevação) e atravessar na faixa de pedestres ou passarela sempre que houver uma disponível podem ajudar a diminuir os riscos de acidente e, consequentemente, trabalhar para reduzir esses trágicos números.


Atuar preventivamente, investindo em educação para o trânsito, é outra forma de trabalhar para transformar essa realidade. Para marcar este mês dedicado à prevenção dos acidentes de trânsito e o final da campanha, as secretarias de Educação e Mobilidade organizaram essa ação educativa, que inicialmente contemplou os alunos da EMEIF Rosiris Maria Andreucci Stopa. No total, mais de 4 mil álbuns serão distribuídos nas ações que estão acontecendo pela cidade para promover os princípios do trânsito seguro e, ao longo do ano, também serão distribuídos a estudantes de outras escolas municipais.