top of page

Advogados podem se inscrever em Atibaia para prestar assistência judiciária gratuita

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Com as inscrições abertas até 15 de março, convênio da OAB SP com a Defensoria Pública viabiliza atendimento jurídico gratuito para população de baixa renda; Atibaia tem 300 advogadas e advogados inscritos no convênio Para se defender de uma cobrança que considera indevida, a cuidadora Ana Flores Silva Cardoso, 52 anos, sofreu bastante até encontrar uma solução. Sem condições de arcar com as custas de um processo, ela recorreu à Assistência Judiciária gratuita em Campinas. O convênio da OAB SP (Ordem dos Advogados do Brasil Seção São Paulo) com a Defensoria Pública paulista, que abriu as inscrições nesta segunda-feira (29), garante acesso gratuito à Justiça para pessoas de baixa renda. Em todo estado, são cerca de 40 mil profissionais conveniados. Atibaia conta com 300 advogadas e advogados inscritos no ano passado. Interessados em ingressar no convênio poderão fazer a inscrição até 15 de março pela Internet. Quem já participa também deve fazer o procedimento para revalidar a inscrição, caso queira continuar atuando na Assistência Judiciária. A presidente da OAB SP , Patricia Vanzolini, espera um aumento no número de inscrições este ano. "Nos últimos dois anos, a Ordem paulista batalhou por reajustes dignos na tabela de honorários da Assistência Judiciária, para repor o déficit inflacionário dos últimos 11 anos. Em 2022, o aumento foi de 17%, e, no ano passado, houve um novo reajuste de 8,59%, com aumento ainda maior, de 15%, nas atuações da Infância e Juventude e de Medidas Protetivas. Com isso, temos a expectativa de um maior número de interessados em 2024", avalia.   Bem atendida e orientada A moradora de Campinas, que recorreu ao convênio, se recorda que foi surpreendida no início do ano passado, quando recebeu uma cobrança no valor de R$19.700,00 do banco a qual havia sido cliente. A dívida, apontada pela instituição financeira e acrescida de taxas e juros, é de suposto uso de limite da conta (cheque especial), em 2018. Encerrei a conta em 2019 e mais de três anos depois apareceu esta cobrança. Pedi extrato bancário da época para saber qual era essa dívida, mas o banco se recusou a me fornecer", relatou Cardoso. "Sem documentos ou comprovantes para esclarecer a situação, o Procon me orientou a procurar a Assistência Judiciária. Felizmente, estou podendo contar com este convênio, pois eu não sei o que iria fazer, já que não tenho condições de pagar um advogado. Estou sendo muito bem atendida e orientada", completou. Para o seu caso, foi nomeado o advogado conveniado Guilherme Portari Rodrigues, 36 anos, inscrito na OAB SP em fevereiro do ano passado. "O convênio é importante tanto para a população quanto para a advocacia. Para a população que não tem condições de pagar os honorários, representa o direito de acesso à Justiça, garantido pela Constituição. Para jovens advogados em início de carreira, como eu, é um grande aprendizado poder atuar em várias áreas do direito, além de ser uma ajuda financeira importante", avalia Rodrigues. Em 2023, somente na cidade de Campinas, foram realizadas 5.744 nomeações e atendimentos pelo convênio. Na Região Administrativa de Campinas, da qual Atibaia faz parte e engloba 90 municípios, 7.490 advogadas e advogados estão inscritos na Assistência Judiciária, o que representa 14,3% do total de profissionais inscritos no convênio em âmbito estadual. Vale destacar que, no Interior paulista, 84% das comarcas não possuem uma sede da Defensoria Pública. Por isso, é fundamental a parceria com a OAB SP para a realização dos atendimentos, que alcançaram 1 milhão de pessoas no período de um ano - de agosto de 2022 e agosto do ano passado.   Áreas de atuação    Neste ano, o edital inclui oito áreas de atuação: Cível, Criminal, Júri, Infância e Juventude Cível, Infância e Juventude Infracional, Plantão, Plantão em Dias Não Úteis e Violência Doméstica Contra a Mulher – Medida Protetiva. "Queremos convidar a advocacia paulista a participar dessa iniciativa com grande importância social que é a Assistência Judiciária Suplementar. Para os que ingressarem no convênio, temos a Escola de Assistência Judiciária, criada nesta gestão, que oferece capacitação gratuita aos profissionais para um atendimento mais humano e eficiente. E este é um programa com particular relevância para a jovem advocacia, permitindo uma verdadeira escola para quem está começando no Direito", ressaltou a secretária-geral da OAB SP, Daniela Magalhães. Algumas áreas exigem comprovação de cursos específicos. Para atuar em Júri, por exemplo, é preciso comprovação formal da participação em quatro plenários do Júri ou comprovação da conclusão de curso específico ministrado gratuitamente pela ESA OAB SP (Escola Superior de Advocacia da OAB SP) e a atuação em, ao menos, um plenário do Júri. Também é exigida comprovação de conclusão de curso da ESA OAB SP para Infância e Juventude Infracional e para Violência Doméstica Contra a Mulher. Esses cursos também são oferecidos de forma gratuita pela Escola Superior de Advocacia. No ato da inscrição, pelo site da Defensoria Pública do Estado, o profissional deverá preencher os campos apresentados, fornecendo o número do telefone, o endereço eletrônico na OAB SP (nome@adv܂oabsp܂org܂br), o número da conta corrente no Banco do Brasil e o número da inscrição no INSS ou PIS/PASEP. Critérios à população O convênio atende pessoas que não têm condições financeiras para pagar pelos serviços de um advogado. Para isso, é feita uma avaliação para verificar a renda familiar, o patrimônio e os gastos mensais da pessoa. Podem ser solicitados documentos como Carteira de Trabalho e holerite, entre outros, para verificação das informações. Em geral, são atendidas pessoas com renda familiar de até três salários-mínimos por mês. Também haverá atendimento, independente do critério de renda, para os casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, defesa criminal e curadoria especial processual. A OAB SP orienta as pessoas a procurarem subseções da Ordem paulista onde não houver Defensoria Pública. No site da entidade há uma lista com telefones e endereços das subseções no estado, e os interessados devem entrar em contato para verificar informações sobre cadastro e atendimento pela Assistência Judiciária gratuita. Sobre a OAB SP Fundada em 22 de janeiro de 1932, a OAB SP é a maior Secional do Brasil, com mais de 355 mil profissionais inscritos, quase 5 mil estagiários e 33 mil sociedades inscritas. Mantém mais de 90 comissões atuantes, entre permanentes e especiais, que desenvolvem trabalhos de estudo e aperfeiçoamento da legislação, além de zelar pela Advocacia paulista e pelos cidadãos.   São 930 postos de atendimento espalhados por todo o Estado, incluindo a Secional e as 251 Subseções, e 247 pontos de Certificação Digital. A entidade promove, com exclusividade, a representação, defesa, seleção e disciplina da Advocacia. Ao defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito, os direitos humanos e a justiça social, contribui com a consolidação das instituições democráticas e da cidadania brasileira. Link de Inscrição: AQUI .

Advogados podem se inscrever em Atibaia para prestar assistência judiciária gratuita

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Com as inscrições abertas até 15 de março, convênio da OAB SP com a Defensoria Pública viabiliza atendimento...

bottom of page