Ana Paula Beathalter recebe na Câmara Municipal o deputado estadual Prof. Walter Vicioni

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA O parlamentar é responsável pela emenda que dispõe sobre a liberação de verba para Santa Casa e também falou da aplicação de vacinas vencidas e da nomeação do secretário de Agricultura, entre outros temas Nesta quarta-feira, 07 de julho, a vereadora Ana Paula Beathalter recebeu na Câmara Municipal de Atibaia no Salão Nobre Presidente Tancredo de Almeida Neves, o deputado estadual Prof. Walter Vicioni, que através de uma emenda parlamentar liberou para o município a verba de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais), que serão destinados a Santa Casa de Misericórdia. Segundo o deputado, ele acompanhava os trabalhos da vereadora e entrou em contato para uma aproximação política com a intenção de colaborar, de alguma forma, para a cidade de Atibaia e a vereadora foi quem passou a demanda. Além de políticos, empresários e civis, participaram do encontro Marcelo Bernandes, chefe de gabinete da Prefeitura, Sonia Cristina de Carvalho, secretária de saúde e o ex-vereador Daniel Martini. “A Santa Casa de Atibaia sempre teve um papel fundamental na vida dos munícipes no pronto atendimento e com a pandemia, mais do que nunca, o hospital necessita de investimentos. Graças à sensibilidade e ao trabalho de Walter Vicioni, nossa demanda foi atendida”, disse Ana Beathalter. A vereadora Ana Paula Beathalter utilizou o Tema Livre para comentar requerimentos e indicações que apresentou nesta semana. Um dos requerimentos solicita ao Executivo informações sobre a aplicação de vacinas vencidas em Atibaia. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o país registrou o uso de 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca em diversos postos de saúde. Restou a dúvida sobre a inclusão de Atibaia na relação de municípios prejudicados pelo erro. "Por mecanismo de busca, obtivemos a informação de que pelo menos 16 doses desse lote foram aplicadas em Atibaia. A Prefeitura se pronunciou a respeito, dizendo que haveria erro de digitação no sistema ou no número de lote das aplicações. No entanto, parcela de moradores procurou o gabinete desta vereadora com muita preocupação. Como é do conhecimento geral, a vacinação de toda a população é aguardada com ansiedade pelos cidadãos, que veem parentes e amigos e conhecidos vitimados pela doença”, contextualizou a vereadora. "Uma informação eventual sobre vacina vencida, independente da veracidade ou não, representa o receio da não-imunização ou total vulnerabilidade daqueles que são vacinados. Devemos avaliar o aspecto psicológico das pessoas que receberam tais doses. E, por isso, o assunto precisa ser esclarecido e possível dano reparado", acrescentou. OUTROS REQUERIMENTOS A vereadora Ana Paulo Beathalter agradeceu a aprovação de seus requerimentos, entre os quais o que pede informações sobre os apontamentos do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo a respeito do SAAE Saneamento Ambiental de Atibaia. “Aparentemente, há quebra de ordem cronológica de pagamentos, indicativo de preferência concedida a certas empresas em detrimento de outras”, avançou. A vereadora solicitou igualmente informações sobre aprovações na área de meio ambiente. "Estamos recebendo, de forma digital, indagações sobre procedimentos da área ambiental de nossa cidade”, justificou. "Outro tema é o questionamento sobre a importância de se construir uma rotatória, onde existe um semáforo, perto do Centro de Convenções. Num momento em que faltam recursos para setores como a saúde, em época de pandemia, essas escolhas nos parecem bizarras, para dizer o mínimo”, argumentou. Além disso, a vereadora solicitou informações sobre a intervenção, também conhecida como área de moderação de tráfego, na rua Atibaia, no Jardim Paulista, que causa preocupação em moradores pela possibilidade de acidentes. Em pesquisa que fez, ela não localizou amparo legal para esse tipo de intervenção. INDICAÇÕES "Encaminhei indicações nesta semana, entre as quais a que pede melhorias na pista de BMX, localizada na rua Benedito Virgílio de Moraes, atrás do Elefantão, bairro da Loanda. Muitos atletas me procuraram, dizendo que estão pedindo ajuda a outros municípios, como Jundiaí e Jarinu, para seus treinamentos. Temos entre os vereadores atuantes nesta área e sabemos que o incentivo ao esporte é fundamental para a qualidade de vida, pois promove disciplina, foco e socialização", explicou Ana Paula Beathalter. “Alguns pilotos disseram que não tiveram condições de participar da Copa BMX Caraguá, que reuniu no final do mês passado 204 atletas, de 29 municípios e 9 estados. Aguardamos com muita ansiedade a solução para essa demanda, já que todas as modalidades esportivas merecem apoio da administração municipal”, apontou. A vereadora indicou também estudo sobre pontos de insegurança e conflito na malha viária de Atibaia, como na confluência entre a alameda Lucas e o Boulevard e na entrada da cidade, principalmente no sentido bairro/centro, na altura em que os motoristas aguardam na pista para entrar à direita, na direção do Alvinópolis, aumentando o risco de colisões. Outros temas de indicações foram a vistoria em postes localizados na estrada Sul Brasil-São Roque, providenciando manutenção ou substituição daqueles que representam ameaça à segurança de motoristas e pedestres; remoção de placa de embarque-desembarque na rua Clóvis Soares, altura do nº 588 (onde existia uma escola de educação infantil), bem como a adequação da sinalização na mencionada via. NOMEAÇÃO DE SECRETÁRIO A vereadora Ana Paula Beathalter protocolou requerimento sobre critérios da administração municipal para a nomeação do atual secretário de Agricultura. "Lembro que o atual prefeito de Atibaia foi da oposição em outros momentos, mostrando-se crítico à nomeação de secretários e outros integrantes do staff do governo municipal. Hoje, ele tem condições de nomear pessoas com qualificação ou no mínimo experiência na área para a qual foram indicadas. Não é isso o que acontece atualmente na Secretaria de Agricultura”. A vereadora citou as outras instâncias de poder para comentar a situação de Atibaia. “Na esfera federal, a ministra da Agricultura é formada em Engenharia Agronômica pela Universidade de Viçosa, atuou em diversos órgãos estaduais ligados à área rural e presidiu a Frente Parlamentar de Defesa da Agropecuária. No Estado de São Paulo, o atual secretário de Agricultura é produtor, com longa experiência no setor, tendo coordenado a Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista. Já em Atibaia foi nomeado um secretário que, salvo melhor juízo, não tem formação na área nem sequer experiência no ramo. Ouso dizer que, até ontem, não plantou sequer um pé de alface na vida e, assim, não conhece as dificuldades do homem do campo”, criticou. “Atibaia tem, de acordo com o IBGE, mais de 60% de área rural. A nossa secretaria tem dois grandes departamentos e três grandes divisões - o Departamento de Agricultura e Abastecimento e o Departamento de Desenvolvimento do Agronegócio; a Divisão de Planejamento, Conservação e Operações, a Divisão de Fomento e Inclusão da Agricultura Familiar e a Divisão de Plantio, Viveiro de Mudas e Hortas Comunitárias. É muito difícil para esta vereadora entender como uma área de tamanha importância e relevância para o município possa ser comandada por alguém sem formação na área nem experiência no ramo. Isso é um absurdo. Até quando vamos aguentar esse tipo de situação? Até quando a cidade vai investir um salário de 12 mil reais brutos, afora benefícios e vantagens inerentes ao cargo, numa nomeação como essa?” – perguntou.

Ana Paula Beathalter recebe na Câmara Municipal o deputado estadual Prof. Walter Vicioni

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA O parlamentar é responsável pela emenda que dispõe sobre a liberação de verba para Santa Casa e também falou...