Atibaia terá Caminhada pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Mobilização acontece no domingo (5) em várias cidades do Brasil e do exterior; concentração em Atibaia será no Jardim do Lago às 9h No próximo domingo (5), Atibaia se juntará a várias cidades do país e do exterior na realização da Caminhada pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas, em ação promovida pelo Grupo Mulheres do Brasil com apoio da Prefeitura de Atibaia, para reunir todos nesta causa urgente e grave. A concentração no município será no Quiosque do Jardim do Lago, a partir das 9h. Antes da caminhada, haverá aquecimento com aula de Yoga do Grupo Clã da Montanha, ao lado da academia ao ar livre. Traga seu tapetinho, uma toalha ou uma canga! As organizadoras do evento recomendam que os participantes usem uma camiseta ou peça laranja, cor que representa a luta no combate à violência. Em todo o mundo, o dia ’25’ de cada mês é reconhecido como o Dia Laranja, estabelecido em julho de 2012 por Ban Ki Moon, então secretário-geral das Nações Unidas. A data representa uma ação disseminada pela ONU com o objetivo de combater a violência contra mulheres e meninas. O Grupo Mulheres do Brasil, por meio do seu Comitê de Combate à Violência contra a Mulher, alinhado à iniciativa da ONU, que este ano completa três décadas de mobilização internacional, está convocando toda a sociedade a se unir pela causa. As estatísticas da violência contra as mulheres são alarmantes. Segundo a ONU, cerca de 70% das mulheres sofrem algum tipo de violência ao longo da vida, apenas por causa de seu gênero. A violência de gênero é considerada pela organização uma pandemia global.
Atenta a essa questão, a Prefeitura de Atibaia, por meio do Departamento da Mulher, ligada à Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, realizou no último dia 23 de novembro uma roda de conversa para marcar o Dia Internacional da Eliminação da Violência Contra as Mulheres. A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social informa que Atibaia oferece várias maneiras de a vítima ser ouvida. Em situações de violência, além dos telefones 190 (Polícia Militar), 153 (Guarda Civil), 180 (Central de Atendimento à Mulher), Disque 100 (Direitos Humanos), as denúncias podem ser feitas diretamente na Delegacia de Polícia Civil ou registrados de forma eletrônica pelo site www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br . O Centro de Referência da Mulher – CRM “Dirce Bellinger” atende na Rua Albertina Miele Pires, 161 ou pelo telefone (11) 4402-2716, também de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Atibaia terá Caminhada pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Mobilização acontece no domingo (5) em várias cidades do Brasil e do exterior; concentração em Atibaia será no...