top of page

Cão Aconchego: projeto desenvolve ações para o bem-estar animal

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Yasmim Alvarez O projeto Cão Aconchego , criado em 2018 pela estagiária Giovana Lopes Cardoso e a advogada Caroline Suppioni de Almeida Cordeiro, nasceu de uma conversa enquanto elas estavam na faculdade de Direito sobre a preocupação com o bem-estar de cães e gatos que dormem todos os dias nas ruas sem a certeza de água e comida. Juntas, apresentaram à Prefeitura o projeto de instalar camas de pneus, bebedouros e comedouros feitos com canos de PVC em locais cobertos para os animais sem lar. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente acatou a ideia, as camas já estão prontas e, atualmente a iniciativa faz parte de outro projeto da pasta, o Juntos Pela Mesma Causa. Enquanto a iniciativa não sai do papel pela Prefeitura, surgiram oportunidades para resgate de cães e gatos em situações de vulnerabilidade. Giovana contou elas cuidam de 11 animais que estão em lar temporário, entre eles, oito filhotes resgatados de um buraco. “Todos eles estão com problemas de pele por conta de picadas de formigas, por isso, iniciamos o tratamento para doá-los. Outro caso é o da cachorra Valentina, demos esse nome pois ela é valente. Foi abandonada, acreditamos que já prenha e atropelada. Ela chegou através de um pedido de ajuda, no qual prontamente resgatamos e demos um lugar digno para nascer os filhotes”, relatou. Além dos animais que cuidam, Caroline e Giovana ajudam outros protetores com ração, dinheiro, remédios e lares temporários. São inúmeros os pedidos que chegam por meio das redes sociais. “Quando resgatamos, nós passamos os animais em consulta veterinária, fazemos hemograma, damos vermífugo, vacinamos e castramos para depois doarmos para um lar responsável. Para formalizar a adoção, é feita uma entrevista com o possível adotante e doamos mediante termo de adoção e com cópia dos documentos pessoais”, informou Giovana. COMO COLABORAR Atualmente, elas necessitam de ração, tapete higiênico, jornal, vermífugo e coberta para os animais, visto que o inverno está chegando. Com a pandemia do coronavírus, as doações diminuíram 90%, as rifas estão demorando mais para vender e os bazares não estão acontecendo por conta da proibição de aglomeração. As rifas acontecem com o auxílio de parceiros que acreditam no trabalho da dupla, com a doação de ovos de páscoa, cestas de café da manhã, doces e produtos de beleza. Os gastos do projeto dependem da quantidade de animais que ajudam. Às vezes, a necessidade leva a colocar os bichos em lar temporário pago quando não encontram voluntários. Todos os cães e gatos demandam de gastos como ração, produtos de limpeza, cobertas e medicamentos. Para que todos saibam como o dinheiro é gasto e os produtos são utilizados, elas prestam contas aos doadores. “A prestação de contas é essencial, pois demonstra a sinceridade e como volta, as pessoas confiam no nosso trabalho”, disse Caroline. AÇÕES SOLIDÁRIAS A dupla também desenvolve ações para pessoas em situação de rua. Em 2019, a ação Natal Solidário distribuiu marmitas veganas e ração para aqueles que não tinham condições de comprá-la para os pets. Atualmente, com a ajuda de amigos, elas auxiliam famílias necessitadas com doações de cestas básicas, uma vez que a pandemia do coronavírus tem causado impactos econômicos para muitos trabalhadores. De uma ideia que surgiu enquanto estavam na faculdade para um projeto que traz realização pessoal, a dupla afirmou que pretende continuar com a iniciativa para a vida toda. “No geral, eu sempre gostei muito de ajudar, tanto pessoas como os animais, é uma satisfação muito grande poder mudar o mundo de alguém, mesmo sendo pouco, um ato mínimo, saber que você pode mudar o dia, a vida, de um animal, de um ser humano, é extremamente gratificante!”, garantiu Giovana. O gosto pelo voluntariado nasceu em Caroline após encontrar na dor uma motivação: a perda de seu primeiro cachorro. “Sofri muito com a morte dele e encontrei nos animais abandonados uma forma de agradecer a ele todo o amor que me deu. Deus colocou esse desejo em meu coração e no da Giovana para juntas ajudarmos tanto o próximo quanto os animais”, concluiu. Para ajudar as iniciativas, basta acompanhar a página Cão Aconchego no Facebook: fb.com.br/cao.aconchego e no Instagram: @caoaconchego ou entrar em contado por meio dos números: (11) 9 7583-2186 – Giovana e (11) 9 5077-8206 – Caroline.

Cão Aconchego: projeto desenvolve ações para o bem-estar animal

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Yasmim Alvarez O projeto Cão Aconchego, criado em 2018 pela estagiária Giovana Lopes Cardoso e a advogada...

bottom of page