top of page

Causadoria se inspira em iniciativas positivas para fomentar projetos com causa

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Shel Almeida A “Causadoria - Incubadora de Projetos Criativos com Causa” é um negócio social que nasceu a partir da experiência positiva do “Entrando em Cena no Mundo”, projeto do Instituto Entrando em Cena que que tinha como objetivo formar jovens empreendedores sociais e incentivar a criação e implementação de projetos transformadores. Cerca de 200 jovens participaram das sete edições do "Entrando em Cena no Mundo", realizadas em Bragança Paulista e Atibaia, entre 2013 e 2021. Durante este período, mais de 50 projetos socioculturais foram elaborados e escritos, e em torno de 25 deles saíram do papel e foram realizados. Entre os projetos implementados está o “Só um Tapinha?", de Jaqueline Souza, que foi o 3º colocado na 1ª edição do Entrando em Cena no Mundo, em 2013. Com apenas 14 anos, ela chegou decidida a criar um projeto que combatesse a violência contra a mulher e o implantou, por meio de uma proposta que visava a conscientização de jovens sobre o tema, na escola em que estudava. Anos depois, a iniciativa de Jaqueline foi selecionada pelo “Fundo Fale sem Medo” , do Instituto Avon. Outras iniciativas de sucesso que surgiram no “Entrando em Cena no Mundo” estão ligadas ao movimento Hip Hop. Também em 2013, Walex Moreira, Davis Xavier e Eduardo Reis foram premiados pelo projeto Flavor Street. No ano seguinte o festival, que uniu diversas linguagens do movimento, aconteceu com apoio da Secretaria Municipal de Cultura. Já em 2015, Mano Tanque e Welton Resende Souto também foram premiados pelo “Entrando em Cena no Mundo” com o projeto DiRaiz Hip Hop, que propunha realizar oficinas de rap e grafite em uma escola, com a proposta de utilizar as linguagens do movimento como ferramentas de inclusão sociocultural e empoderamento do jovem. Posteriormente, Mano Tanque foi convidado a atuar como oficineiro em novos projetos criados por jovens dentro do próprio “Entrando em Cena no Mundo”, expandindo a atuação do hip hop nas escolas. O projeto DiRaiz continua ativo e já realizou inúmeros shows e batalha de rimas em Bragança Paulista e região. A última edição do “ Entrando em Cena no Mundo ” aconteceu em 2021, na E.E. PEI Profª Mathilde Teixeira de Moraes , escola que abrigou três edições do projeto. Em 2016, os alunos do 9º ano criaram o projeto Grafite em Cena, com o objetivo de ressignificar a pichação, e além de realizar diversas oficinas também ligadas ao Hip Hop, culminou na pintura de um grande mural de grafite na entrada da escola com desenhos criados e grafitados pelos próprios alunos. Já a edição mais recente foi realizada como disciplina eletiva, e o resultado final do processo foi a criação do projeto “A violência por trás das máscaras”, que tinha como objetivo proporcionar reflexões relacionadas às diversas violências vivenciadas pelos jovens na sociedade, por meio de oficinas e manifestações artísticas, campanha nas mídias sociais, e podcast.

A escola Mathilde também foi uma das primeiras a receber, gratuitamente e para para todos os seus educadores, a jornada multimídia “Causando na Educação”, primeiro projeto da Causadoria que tem como propósito formar multiplicadores de incubadoras de projetos criativos com causa, e será lançado em breve..
Se você se inspirou por esses projetos e também quer causar com causa, conheça mais sobre a Causadoria pelo site http://causadoria.com.br/ ou instagram. Shel Almeida Jornalista, Assessora de Imprensa, Fotógrafa 11 9 9514 4085 | shel.almeida@shelalmeida.com.br

Causadoria se inspira em iniciativas positivas para fomentar projetos com causa

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Shel Almeida A “Causadoria - Incubadora de Projetos Criativos com Causa” é um negócio social que nasceu...

bottom of page