top of page

Cerca de 750 estudantes de escolas municipaisse formam pelo Proerd em Atibaia

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Programa de iniciativa da Polícia Militar, em parceria com a Prefeitura de Atibaia,
objetiva a prevenção às drogas e à violência Aproximadamente 750 estudantes de 5° ano de 13 escolas da Rede Municipal de Ensino se formaram na última semana pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) , desenvolvido pela Polícia Militar , em parceria com a Prefeitura de Atibaia.

A formatura aconteceu na unidade do Sest/Senat de Atibaia, no Jardim Cerejeiras, e foi dividida em três turmas: uma na quinta-feira (30 de novembro) e duas na sexta-feira (1º de dezembro). A cerimônia foi marcada pela entrega de certificados, homenagens e premiação aos alunos vencedores dos concursos realizados ao longo do programa. O evento foi aberto para a participação dos pais. “Eu amei participar do Proerd, aprendi um monte de coisa legal, a nunca querer experimentar drogas, não se envolver com violência, é muito bom”, contou Ana Júlia, de 10 anos. “O meu irmão já tinha feito Proerd, eu não via a hora de fazer também, foi muito legal”, disse Miguel, de 11 anos.

As atividades do programa são ministradas por instrutores policiais, contando com recursos como utilização de livros e músicas, tudo para promover um importante alerta à sociedade: a prevenção às drogas e à violência.

“O Proerd é um programa de fundamental importância e que contribui para o desenvolvimento integral dos nossos estudantes”, ressaltou a secretária de Educação de Atibaia, Eliane Doratiotto Endsfeldz. Trabalho pedagógico da rede municipal representou Atibaia em congressos nacional e estadual Projeto de Atibaia foi elaborado como parte do Programa Institucional de Bolsa
de Iniciação à Docência (PIBID), ligado ao Ministério da Educação (MEC) Um trabalho desenvolvido por professores e estagiários de pedagogia da Rede Municipal de Ensino de Atibaia foi selecionado para participar do VI Congresso Nacional de Formação de Professores e do XVI Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores, que foram realizados de maneira unificada neste ano, entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro, em Águas de Lindóia (SP).

O projeto de Atibaia apresentou experiências sobre a “ Promoção da Educação para a Cultura de Paz ” e foi desenvolvido como parte do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), ligado ao Ministério da Educação (MEC).

O PIBID é uma ação da Política Nacional de Formação de Professores, criada em 2007, e que visa proporcionar aos estudantes da primeira metade dos cursos de licenciatura uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de Educação Básica e com o contexto em que elas estão inseridas. O programa oferece bolsas de iniciação à docência aos alunos de cursos presenciais que se dediquem ao estágio nas escolas públicas e que se comprometam com o exercício do magistério na rede pública.

Acompanhados por um professor da escola e por um docente de uma das instituições de Educação Superior, os participantes do programa desenvolvem atividades didático-pedagógicas nas unidades escolares. A duração máxima das cotas de bolsas concedidas é de 18 meses.

Atualmente, a Rede Municipal de Ensino conta com 24 estagiários por meio do PIBID, todos estudantes de pedagogia da Unifaat e que atuam nas E.M. Therezinha de Campos Sirera e E.M. Walter Engrácia, ambas em Caetetuba.

Cerca de 750 estudantes de escolas municipaisse formam pelo Proerd em Atibaia

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Programa de iniciativa da Polícia Militar, em parceria com a Prefeitura de Atibaia, objetiva a prevenção às...

bottom of page