top of page

Emil Ono inaugura Cozinha Comunitária no bairro Cerejeiras

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Programa visa ampliar as ações de Segurança Alimentar e Nutricional no município Para garantir a segurança alimentar e proporcionar refeições balanceadas e nutritivas às famílias em situação de extrema pobreza, a Prefeitura de Atibaia dará um importante passo ao inaugurar a tão aguardada Cozinha Comunitária no bairro do Cerejeiras, que oferecerá cerca de 200 refeições diárias, ao valor de R$ 2,00, beneficiando famílias cadastradas no Programa Bolsa Família residentes no entorno do bairro e outras pessoas em condições de maior fragilidade econômica. A inauguração do espaço aconteceu na sexta-feira, 15, e contou com a presença do prefeito Emil Ono , do vice-prefeito Prof. Fabiano de Lima , da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social local, Magali Basile , representantes da Mater Dei, vencedora do chamamento público para realizar a gestão do equipamento, do Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento , e demais autoridades locais.

“Hoje realizamos um sonho. No período da pandemia, tivemos que fechar o restaurante popular e, durante esse tempo, diagnosticamos que o mesmo não resolvia o problema da nossa população. Com isso, montamos um cadastro e verificamos as famílias que realmente estão em vulnerabilidade. Hoje com a Cozinha Comunitária, poderemos atender os mais necessitados e continuar fazendo políticas públicas de qualidade”, ressaltou Magali Basile.

A Cozinha Comunitária deve expandir o acesso à alimentação adequada e saudável, com prioridade às famílias e pessoas em situação de extrema pobreza e em vulnerabilidade social, por meio do fornecimento de refeições. É uma ação complementar da Política de Segurança Alimentar do município e visa oferecer refeições nutricionalmente adequadas à família em condição de extrema pobreza. Serão 160 refeições ao custo individual de R$ 2,00 e 40 (quarenta) gratuitas para indivíduos ou famílias encaminhados pelo Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua – Centro POP, bem como aqueles encaminhados pela rede socioassistencial pública.

As demais refeições serão ofertadas às famílias residentes no território do bairro Jardim Cerejeiras e entorno, beneficiárias do Programa Bolsa Família, com renda per capita inferior a R$ 150,00, serão prioridades famílias monoparentais com crianças de 0 a 6 anos e pessoas idosas com idade de 60 a 64 anos, que não possuem renda e que não sejam beneficiários de programa de transferência de renda, como BPC, inscritos no Cadastro Único e categorizado em “Insegurança Alimentar Grave”, conforme avaliação da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar – EBIA.

“É um projeto inovador! Nosso trabalho é focado em cuidar das pessoas e esse equipamento levará o alimento a quem precisa de verdade! Vamos continuar trabalhando com políticas públicas para benefício de toda população!”, complementou o vice-prefeito, Prof. Fabiano de Lima.

O prefeito Emil Ono lembrou que o espaço, que antes funcionava o Restaurante Popular, é propício para receber as famílias em situação de vulnerabilidade e destacou o compromisso de cuidar dos que mais precisam. “A ideia desse equipamento é oferecer o alimento a quem realmente precisa. Discutir, criar e trabalhar com políticas públicas de qualidade é uma das missões do Poder Público. Muitas pessoas deixam de fazer uma refeição por falta de condições ou, até mesmo, deixa de comer para dar ao filho e, hoje, essa realidade vai mudar. Não medimos esforços para fazer com que esse sonho se tornasse realidade”.

No período da pandemia, o município forneceu o Benefício Eventual em Alimentos e construiu uma base de dados das famílias em insegurança alimentar, o que possibilitou conhecer as famílias e indivíduos em situação leve, moderada e grave de insegurança alimentar. A partir dessa base, o município identifica famílias em situação grave para manutenção do atendimento prioritário no fornecimento de alimentos e inclusão no Programa Cozinha Comunitária.
Gilberto Nascimento, Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, parabenizou o trabalho da Prefeitura em proporcionar o melhor para a população. “Atibaia é uma cidade que recorre ao Estado para garantir políticas públicas de qualidade aos moradores. Todos sabemos a necessidade da segurança alimentar, pois quem tem fome não espera. Atibaia é alvo de aplausos pelo trabalho da Prefeitura e, tenham a certeza que a cidade tem a mão estendida do Governo do Estado”.

A Cozinha Comunitária funcionará de segunda a sexta-feira, das 11h às 13h, visando atender ao fluxo regular de refeições durante a semana e, ao mesmo tempo, respeitar as demandas específicas de cada dia.

Emil Ono inaugura Cozinha Comunitária no bairro Cerejeiras

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Programa visa ampliar as ações de Segurança Alimentar e Nutricional no município Para garantir a segurança...

bottom of page