top of page

MEMÓRIAS DE ITAPETINGA, por: Maria Antonieta Iadocicco

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Maria Antonieta Iadocicco Entre os dias 25 e 26 de agosto de 2023, acontecerá o primeiro fórum de Patrimônio de Atibaia . Os temas abordados serão: patrimônios natural, material e imaterial que dialogará diretamente com a Conferência Municipal da Cultura datada para setembro de 2023. Segundo a convenção da ONU e UNESCO definiram como Patrimônio Natural o composto de monumentos, sítios arqueológicos formados por monumentos constituídos por formações físicas e biológicas, formações geológicas e fisiografias de sítios naturais. Cabe aqui acrescentar, que o Monumento Natural Estadual da Pedra Grande, foi criado em 2010, localizado na Serra de Itapetinga e abrange os municípios de Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Mairiporã, Nazaré Paulista. Decreto Estadual 55.662, seu bioma a Mata Atlântica . É valido também relembrar que entre 1981 e 1983, a população sensibilizada com a denúncia da extração irregular de granito e da instalação de um loteamento nas proximidades da Pedra Grande, organizou-se e foram às ruas. Entre as batalhas conquistadas veio o tombamento de uma área natural como patrimônio estadual e criação de lei de proteção ambiental para a Serra de Itapetinga. A luta continua através grupos engajados e organizados que gritam em defesa deste patrimônio #pedragrandenao. Além de sua beleza cênica, nas matas de Itapetinga foram encontradas cerca de 130 espécies de árvores totalizando 415 categorias da flora. Constam nesta variedade o Ipê-amarelo, o Paujacaré, a Paineira, a Copaíba, o Angico, o Cedro entre outros. Espécies ameaçadas, como a Araucária, ainda sobrevivem na serra e servem de fonte de alimentos para a fauna. Sobre a rocha temos mais de 60 tipos de afloramentos como orquídeas, bromélias, musgos, Amarílis-vermelha entre muitos. Na fauna, alguns carnívoros ameaçados como o lobo-guará. Vivem ainda na serra a onça- parda, a jaguatirica, o cachorro-do-mato e muito mais. Na lista de ameaçados estão também os primatas, sauás, bugio e o sagui. Portanto, é importante ressalvar que ação humana já é uma ameaça. A conservação dos ecossistemas é essencial para garantir os equilíbrios ambientais que sustentam a vida no planeta. E o grande desafio é contrabalancear o desenvolvimento econômico e a preservação do meio ambiente.

MEMÓRIAS DE ITAPETINGA, por: Maria Antonieta Iadocicco

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Maria Antonieta Iadocicco Entre os dias 25 e 26 de agosto de 2023, acontecerá o primeiro fórum de...

bottom of page