top of page

O CAOS DA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA O ESTRESSE TÉRMICO

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Maria Antonieta Iadocicco Ao contrário do que se pensava o calor não relaxa. Um grupo de cientistas da American Physiological Society, em San Diego nos Estados Unidos, descobriram que nos dias mais quentes a sensação de calor provoca uma maior secreção de cortisol, o hormônio do estresse. Na Polônia, pesquisadores também contaram que os níveis de cortisol são bem mais altos no verão, e isso, por si só, justifica a irritabilidade em dias de muito calor. A agência da Fio Cruz de notícias relatam que estudos detectaram que, conforme o cenário de aquecimento global, aumenta o número de dias de calor e o nível alto de umidade (WBGT). Ainda apontam que essa onda de calor que assola o planeta faz parte de uma escalada sem previsão de ter um fim. Cada vez mais somos expostos ao chamado estresse térmico, causando enorme risco a saúde. No Brasil, uma população acima de 1 milhão em cidades como: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e outras tem vivido 25 dias por ano em condições meteorológicas superiores às que o nosso corpo possa suportar. Alguns dos problemas causados pelo estresse térmico vai de um simples mal-estar indo ao ataque cardíaco, agravamento de câncer, diabetes e depressão. Sem motivo aparente, nos dias de muito calor é comum ter sensações de cansaço, irritação, dores de cabeça, tontura, principalmente quando exposto muito tempo na rua. - A vasodilação reduz a pressão arterial, gerando cansaço e tontura; - O suor excessivo leva à desidratação - A perda acelerada de eletrólios pelo suor intenso, pode causar câimbras; - A ativação do centro regulatório de temperatura corporal durante o sono não deixa o corpo descansar dando a sensação de exaustão pela manhã. ( Care plus) Esses recursos do nosso organismo para manter uma temperatura estável, quando não suficientes causam os sintomas do estresse térmico e que podem ser mais grave provocando a perda da consciência, convulsão, tetania (tremores, paralisias, dores musculares) e ate o coma. Prevenção: Manter-se hidratado ! -Por que estamos vivendo esse calor excessivo? Embora muitos ainda não acreditem, já estamos colhendo os efeitos do aquecimento global. Consequência pós-revolução industrial, desmatamento, queimadas, emissão de poluentes. Basta pegarmos como exemplo, um dia com temperatura média de 37 graus. Se pisarmos no asfalto sentiremos que a temperatura chega aos 58 graus! Enfim, o aquecimento global é um conjunto de fenômenos que em geral causam o aumento de temperatura do planeta e está atrelado aos impactos ambientais gerado pela ação humana, que está transformando o meio ambiente cada vez mais. ( Mundo da educação Uol) Portanto, o aquecimento global está diretamente associado ao aumento de temperatura, causando desiquilíbrio ambiental e a perda da biodiversidade. Os chamados gases estufa também estão envolvidos em uma série de atividades humanas que contribuem para o aquecimento do planeta, acrescentando a tudo isso as fontes fósseis para gerar energia. Se não mudarmos urgentemente nossos hábitos de vida, teremos pela frente uma visão caótica para futuro. Precisaremos nos adaptar a um modelo de vida sem verde, em roupas térmicas especiais para sobrevivermos em um imenso deserto de fome e depressão!

O CAOS DA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA O ESTRESSE TÉRMICO

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA por: Maria Antonieta Iadocicco Ao contrário do que se pensava o calor não relaxa. Um grupo de cientistas da...

bottom of page