top of page

Rodoanel Norte: trecho terá uso do sistema free flow, que dispensa praças de pedágio

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Objetivo do governador Tarcísio de Freitas é ampliar tecnologia em rodovias de todo o estado de SP O trecho norte do Rodoanel, cujo leilão de concessão pelo Governo de SP à iniciativa privada foi realizado no dia 14 de março, terá uso exclusivo do sistema free flow (fluxo livre), tecnologia com sensores que calcula a tarifa por quilômetro rodado. Com isso, é eliminada a necessidade de o motorista parar nas praças de pedágio, com consequente redução do tempo de viagem. O governador Tarcísio de Freitas destacou a importância da tecnologia para a melhora no tráfego da rodovia e afirmou que o objetivo é implantar o sistema nas demais rodovias concedidas. “É algo que vamos implantar em todo o estado; vamos aposentar todas as praças de pedágio em todo o estado de São Paulo. Com o sistema, o motorista passa a pagar uma tarifa mais justa pelo o que realmente utiliza da rodovia, e de forma mais simples e ágil”, afirmou Tarcísio. O sistema funciona da seguinte forma: quando o veículo passa pelo pórtico, as câmeras com tecnologia OCR (Optical Character Recognition, ou Reconhecimento Ótico de Caracteres) fazem a leitura das imagens frontal e traseira das placas. Um scanner a laser faz a identificação e o dimensionamento dos veículos em tempo real, capturando as características como altura, largura, comprimento, trajeto e velocidade de carros, motos, ônibus, entre outros parâmetros. As informações são complementadas pelas antenas de identificação e câmeras de monitoramento e enviadas para um sistema central, responsável por receber e processar todos os dados. Os usuários que possuírem TAGs – dispositivos acoplados no para-brisa dos veículos – farão o pagamento automático. Já os usuários que não possuírem TAG pagarão a tarifa posteriormente, por meio de plataforma digital a ser implementada pela concessionária. Leilão do Rodoanel Norte O Governo de São Paulo realizou o leilão de concessão do Trecho Norte do Rodoanel à iniciativa privada no dia 14 de março. O lote foi arrematado pela Via Appia FIP Infraestrutura. O grupo deve ter a concessão dos serviços de operação, manutenção e realização dos investimentos necessários para a exploração do sistema rodoviário pelo prazo de 31 anos. Foram apresentadas quatro propostas pelo empreendimento. O vencedor da licitação fica responsável pela retomada e conclusão do Rodoanel Norte – o empreendimento foi paralisado em 2018. Ao todo, o projeto está orçado em R$ 3,4 bilhões. Dentre as melhorias previstas estão a construção de sete túneis duplos, 107 obras de arte especiais, quatro paradas para cargas especiais, duas bases do Serviço de Atendimento aos Usuários (SAU), dois Postos Gerais de Fiscalização (PGF), duas balanças de pesagem, câmeras de monitoramento, além de veículos operacionais (ambulâncias, guinchos, caminhão pipa e inspeção de tráfego) para atender todo a extensão da rodovia. Com a conclusão dessas obras, o Rodoanel passa a contar com 175 quilômetros de extensão.

Rodoanel Norte: trecho terá uso do sistema free flow, que dispensa praças de pedágio

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA Objetivo do governador Tarcísio de Freitas é ampliar tecnologia em rodovias de todo o estado de SP O trecho...

bottom of page