top of page
Banner_ESTANCIA_ATIBAIA_Ubs_Imperial_979x182.png
Banner_ESTANCIA_ATIBAIA_Ubs_Imperial_979x182.png
Buscar

Atletas de Atibaia representarão país no Mundial de Asa Delta na Macedônia

JORNAL ESTÂNCIA DE ATIBAIA

 Guilherme Sandoli e Nenê Rotor
Guilherme Sandoli e Nenê Rotor

Nenê Rotor e seu filho, Guilherme Sandoli, viajarão em busca do título por equipe no campeonato em agosto


Dois dos seis atletas brasileiros que estarão no Mundial de Asa Delta em agosto moram em Atibaia e vão levar o nome da cidade para a Macedônia, onde a importante competição será disputada.


O Clube Atibaiense de Voo Livre estará representado por Nenê Rotor e seu filho, Guilherme Sandoli. Por conta do voo livre, Nenê Rotor, paulistano cujo nome de batismo é Álvaro Figueredo Sandoli, mudou-se para Atibaia em 1983.


Nenê Rotor conta com 42 anos de experiência no ar, tendo participado pela primeira vez do World Hang Gliding Championship em 1980. Desde então, não parou mais: é o segundo piloto no mundo com mais participações em mundiais e é top 10 no ranking mundial nos últimos 20 anos. Foi quatro vezes vice-campeão mundial por equipes e conquistou o sétimo lugar no último Mundial ocorrido em 2019.


Este Mundial de 2023 será um marco na história do voo livre, pois será a primeira vez que duas gerações, pai e filho, participam juntos da seleção brasileira. Outros quatro atletas fazem parte do time que vai representar o país. A Seleção Brasileira de Asa Delta, atual vice-campeã por equipes, é uma das favoritas para o próximo campeonato.


“A equipe está muito boa em termos de afinidade. Está todo mundo muito unido, vamos ficar no mesmo lugar, vai ser uma van que a gente alugou para nove pessoas”, afirmou Nenê Rotor, contando que a equipe vai pousar em Milão e tem 20 horas de carro, passando por Croácia, Kosovo, Eslovênia, até chegar na Macedônia.


A Confederação Brasileira de Voo Livre (CBVL) está apoiando os pilotos brasileiros com infraestrutura de passagens, hospedagem e inscrições para o evento, mas os custos para uma viagem como essa são altos. Por isso, a equipe decidiu vender camisetas do Mundial para ajudar nas despesas. Quem estiver interessado é só entrar em contato com a equipe brasileira pelo WhatsApp no (11) 91630-2021.

anuncioNOVOconc.png
anuncioNOVOconc.png
anuncioNOVOconc.png
WhatsApp Image 2023-11-08 at 15.41.27.jpeg
CLASSIFICADOS
bottom of page